Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

24/11/2005 13:11

Após reajuste do judiciário, salário de Zeca também sobe

Inara Silva e Paulo Fernandes / Campo Grande News

Após reajuste da remuneração do quadro do Judiciário em todo o país, a Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul recebeu hoje o projeto de lei 228/05 que prevê aumento para o governador do Estado, secretários e do vice-governador. Como está equiparado à remuneração dos desembargadores do Tribunal de Justiça, o salário do governador Zeca do PT deve passar de R$ 19,4 mil para R$ 22,1 mil em janeiro do ano que vem. Pela proposta, o pagamento do vice-governador deve corresponder a 80% desse valor e dos secretários estaduais a 70% do valor do salário do governador.
O líder do governo na Assembléia Legislativa, deputado Pedro Kemp (PT), afirmou que é possível que o governador mande mensagem à Assembléia desautorizando o seu aumento. No entanto, a proposta tem aprovação da Casa incluindo dos deputados da oposição como a deputada estadual Celina Jallad (PDMB). A parlamentar disse que é a favor do reajuste uma vez que que o governador precisa ter qualidade de vida e evitar ações desonestas como as que têm sido registradas pela mídia nacional.
Conforme a Constituição Federal, no poder público, nenhum salário pode exceder o subsídio mensal dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e em nível estadual o maior salário deve ser do governador. Como os desembargadores tiveram reajuste baseado no aumento do STF ocorrido em julho, a Assembléia Legislativa considera natural que a Casa receba projeto para reajustar a remuneração dos administradores estaduais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)