Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/01/2012 10:33

Após polêmica e briga judicial, advogado vira desembargador do TRT/MS

Aline dos Santos, Campo Grande News

A presidente Dilma Rousseff (PT) nomeou nesta quarta-feira o advogado Nery Sá e Silva de Azambuja para desembargador do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) de Mato Grosso do Sul. Ele vai ocupar a vaga aberta pela aposentadoria de Abdalla Jallad, que deixou o cargo em novembro de 2010, quando completou 70 anos.

A nomeação, publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União, é o desfecho de uma novela, com direito à briga judicial, que dura quase um ano. O processo de indicação foi aberto em março do ano passado pela OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil).

“Foi a primeira vez que o conselho fez eleição com voto aberto, um processo democrático e ao mesmo tempo muito polêmico”, define Nery Azambuja, que recebeu a maioria dos votos. “Eram 36 conselheiros e recebi 35 votos. Estava tranquilo”, conta.

Cadeirante, Nery Azambuja tem 52 anos e é professor de Direito na UCDB (Universidade Católica Dom Bosco). Ele já foi procurador federal e vice-presidente da OAB. “Sei da responsabilidade dessa função perante a sociedade”, diz. O advogado aguarda a divulgação da data da posse no TRT/MS. Neste período, o juiz da 3ª Vara do Trabalho de Campo Grande, Ademar de Souza Freitas, ocupou temporariamente a vaga.

Lista polêmica - Conforme o Quinto Constitucional (dispositivo que prevê que 1/5 dos membros de determinados tribunais sejam compostos por advogados e membros do Ministério Público), a OAB/MS realizou sabatina em 26 de março do ano passado.

Dos 24 candidatos, foram escolhidos seis nomes: Nery Sá e Silva de Azambuja, Noely Gonçalves Vieira Woitschach, Hassan Hajj, Marco Antonio Ferreira Castello, Janete Amizo Verbiske e Celso Pereira da Silva.

Dois dias depois, dez advogados que ficaram de fora da lista fizeram representação ao MPF (Ministério Público Federal) contestando a lisura do processo. Pela primeira vez, a OAB fez votação aberta e nominal.

Em 26 de maio, a Justiça Federal suspendeu o processo de escolha do desembargador para o TRT. Na liminar, a juíza Janete Lima Miguel, da 2ª Vara da Justiça Federal, destacou que o advogado João José de Souza Leite argumentou que os documentos comprobatórios da atividade profissional de um dos integrantes da lista foram entregues fora do prazo previsto no edital e, mesmo assim, admitidos pela OAB.

Dois meses depois, em julho, decisão do TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) derrubou a liminar, dando prosseguimento ao processo. Dos seis nomes, o TRT encaminhou três, portanto uma lista tríplice, à presidência.

Presidente da OAB/MS, Leonardo Duarte afirma que o processo foi legal e não acredita em reviravolta na justiça. “Não vejo hipótese nenhuma”, afirma.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)