Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/01/2013 20:30

Após morte e roubo, suspeitos iam "comemorar" o crime com cerveja e carne

Bruna Girotto
Cerveja e carne eram para comemorar a realização do crime (Fotos: Polícia Militar)Cerveja e carne eram para comemorar a realização do crime (Fotos: Polícia Militar)

Darci Gonçalves de Castro, 64 anos, foi vítima de latrocínio em uma fazenda na Vila Raimundo, em Paranaíba (MS). O crime, que ocorreu com requintes de crueldade, aconteceu na madrugada de hoje. Suspeita-se que a vítima sofreu tortura e que foi queimada, porém, tais fatos serão apurados pela perícia técnica. 

A Polícia Militar de Paranaíba (MS) recebeu informações da Polícia Civil, no início da tarde desta terça-feira (21/01), de que havia ocorrido um roubo seguido de morte perto da ponte do Rio Ariranha, na Vila Raimundo. 

Segundo o capitão Dominoni, após o crime, os suspeitos fugiram da fazenda e levaram alguns objetos de pequeno porte, além de um veiculo Fiat Uno, placa HQF-5094, de propriedade da vítima. 

Os suspeitos, após cometerem o crime, pernoitaram no Hotel Santo Expedido, conforme informou o delegado da Polícia Civil, Arivaldo Teixeira. Foram realizadas diligências no hotel e, em conversa com uma das recepcionistas, ela relatou que um indíviduo pernoitou com um veículo com as mesmas características e que havia esquecido os seguintes pertences: um celular, um chinelo, um perfume e uma camisa xadrez, toda rasgada. Um menor envolvido no crime disse à polícia que tais objetos pertenciam à vitima.

Enquanto os policiais estavam realizando diligências no hotel, receberam informação de que o veículo da vítima estaria abastecendo no Posto Trevão. Os policiais deslocaram pela BR-158 e, próximo ao trevo que da acesso ao Estado de Minas Gerais, viram o carro deslocando em sentido contrário.

Foi realizado acompanhamento pela BR-158, pela avenida Juca Pinhé, sendo os suspeitos abordados na rua Padre Adeodato Carmelo Chembri.

Eles entraram em uma residência e fecharam o portão. Por coincidência, o proprietário da casa estava chegando e  abriu o portão novamente, sendo possível a prisão dos suspeitos.

Ao serem indagados sobre o crime, um dos suspeitos contou que a arma do crime estava escondida na fazenda onde residem. Os policiais civil e militares foram até a fazenda, que fica a aproximadamente 7km do município na MS-240.

Uma arma revólver calibre 32, de cor inoxidada, de cano longo de numeração raspada, foi localizada dentro de uma bolsa no curral onde reside um dos suspeitos. 

Em seguida, foram a outra casa, onde reside mais dois suspeitos (um maior e um menor infrator). Lá, os policiais localizaram uma espingarda marca CBC de cor oxidada calibre 32 de numeração 230016 modelo 651 e uma sacola plástica contendo apetrechos de carregar cartuchos. Também foram apreendidos três cartuchos calibre 32, espoletas e um tubo de pólvora.

No local do crime, foi localizada uma motocicleta CG 125 fan ano 2010 de placa NMD6954, que segundo o menor, foi furtada por ele na cidade de Aparecida do Taboado (MS).

As armas e os envolvidos foram encaminhados à Delegacia da Polícia.

O veículo apreendido estava com carne e cerveja em seu porta-mala, pois os indivíduos iriam comemorar o feito realizado.

As informaçõe são do Capitão Dominoni, responsável pelo Comando da Polícia Militar de Paranaíba (MS).  

Confira a galeria de imagens:
  • Após morte e roubo, suspeitos iam comemorar o crime com cerveja e carne
  • Após morte e roubo, suspeitos iam comemorar o crime com cerveja e carne
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)