Cassilândia, Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Últimas Notícias

18/05/2017 13:30

Após médicos a mandarem planejar funeral, mãe ouve o choro de seu bebê nascendo

Correio do Estado

 

Se para muitas pessoas ter um filho é um milagre pelo ato por si só, para Tammy e Adam Smith isso tem um significado ainda maior. Na 20ª semana de gestação, a bolsa dela rompeu e eles receberam as piores notícias possíveis dos médicos.

Ao tomarem dimensão da situação, os médicos pediram para que o casal norte-americano se preparasse psicologicamente. Isso porque eles teriam de organizar um velório para a criança, que eles afirmavam que nasceria com menos de 1% de chances de sobreviver.

Acontece que o casal passou por um verdadeiro milagre e, contra todas as expectativas, Jesse, nome do bebê, conseguiu sobreviver. Inicialmente, os médicos afirmaram que ele se afogaria em líquidos internos da mãe durante o rompimento da bolsa.

Tammy conseguiu adiar a entrada em trabalho de parto por dez semanas, contrariando as orientações médicas — eles haviam sugerido um parto para retirar o bebê. Repouso, muita água e remédio formaram a receita que fez com que Tammy e seu bebê atravessassem mais de dois longos meses.

Ao tirarem a criança após o parto, a reação foi de espanto geral na sala de cirurgia: Jesse estava chorando. O menino nasceu pequeno, com apenas 1,8 kg, mas reagiu. Poucos dias depois já se alimentava melhor e foi crescendo pouco a pouco.

“Ele é um milagre, meu milagre, não há dúvida sobre isso na minha cabeça. Entrar na maternidade ouvindo que seu filho nascerá morto é horrendo. Mas deixar o hospital com um menino saudável é um sonho que se tornou realidade”, afirma Tammy.

Antes de Jesse, o casal já havia perdido outro filho. Por conta do aviso médico, semanas antes do parto, os pais já haviam comprado até um caixão para o bebê, que seria colocado no mesmo local onde fora enterrado o filho perdido anteriormente. Mas para alegria dos dois, o milagre deles nasceu e cresce saudável.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 23 de Maio de 2017
Segunda, 22 de Maio de 2017
21:25
Loteria
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)