Cassilândia, Terça-feira, 28 de Março de 2017

Últimas Notícias

14/05/2010 08:08

Após mais de 9h acorrentada, mãe abandona Universal

Campo Grande News/ João Humberto e Danúbia Burema

Depois de permanecer mais de 9 horas acorrentada em frente à Igreja Universal do Reino de Deus, no centro de Campo Grande, Sueli Ferreira de Moura abandonou o local e foi para sua casa exatamente às 21h15 de ontem, quando o último membro saiu do templo e as luzes da igreja foram apagadas.

Ela acusa a Igreja Universal de ter feito lavagem cerebral e explorado o seu filho, um adolescente de 17 anos. A mãe disse que nunca pediu para o jovem sair da igreja, mas que não vivesse sendo explorado, dando tudo o que era dele e da família para pastores.

Uma conselheira tutelar que também é obreira da Universal telefonou para Sueli e disse que em breve ela será convocada a prestar depoimento sobre o protesto. Ela afirmou que há 15 dias foi ao Conselho e chegou a ser atendida pela mesma conselheira, só que a profissional, segundo a mãe, não fez nada.

Em todo o tempo que ficou em frente à Universal, Sueli contou com o apoio de amigas. Uma delas disse ao Campo Grande News que em nenhum momento um obreiro ou bispo da igreja foi conversar com elas.

Informada de que o filho talvez fosse encaminhado ao Conselho Tutelar, Sueli ficou desesperada e clamou por uma advogado em frente à igreja. Horas depois, dois funcionários do serviço de acolhimento da SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social) chegaram ao local, não quiseram se identificar, e tentaram convencer o adolescente a ir para um abrigo passar a noite e jantar.

Aos gritos, Sueli contestou a ação, afirmando que os profissionais estavam ali para induzir seu filho a ir para um abrigo de mendigos. Bastante abalado com o estado emocional da mãe, o jovem prometeu ir para casa, mas demonstrou muita preocupação com Sueli.

O adolescente foi embora para casa na Kombi da SAS, com a promessa de que chegaria ao destino onde mora com a mãe. Uma psicóloga esteve no local conversando com Sueli.

Sueli afirmou que amanhã à tarde irá procurar novamente o Conselho Tutelar para que o órgão a auxilie a reconduzir o filho a uma vida normal. O adolescente já está em casa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Março de 2017
Domingo, 26 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)