Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/12/2012 19:24

Após Japão, China e África do Sul também anunciam embargo à carne brasileira

Mariana Branco, Agência Brasil

Brasília - Após o Japão anunciar o embargo à carne bovina brasileira no dia 7 de dezembro, os governos da África do Sul e China também decidiram suspender as importações do produto. Os três países optaram pelo embargo após a confirmação da presença do agente da encefalopatia espongiforme bovina (EEB), mais conhecida como doença da vaca louca, nos tecidos de uma vaca de 13 anos de idade morta em 2010 no Paraná.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que havia anunciado na semana passada a intensão de dialogar com as autoridades japonesas, divulgou nota hoje (13) dizendo que também trabalhará para esclarecer os governos da China e África do Sul.
De acordo com o Mapa, o caso confirmado no Paraná é uma ocorrência não clássica da doença. Segundo o Mapa, apesar da presença do agente causador da EEB não houve manifestação da doença da vaca louca. O ministério comunicou que enviará missões oficiais à China, Rússia e África do Sul. O órgão diz ainda que até o momento somente os três países informaram oficialmente ao Mapa a interrupção das compras de carne bovina brasileira.
A nota divulgada diz que além dos três países, o ministério está intensificando o contato com os maiores importadores da carne bovina brasileira a fim de prestar informações. O órgão informou que nos dez primeiros meses de 2012 a China comprou 10,1 mil toneladas de carne bovina do Brasil. O Japão adquiriu 1,3 mil toneladas e a África do Sul, 293 toneladas.

Edição: Aécio Amado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)