Cassilândia, Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020

Últimas Notícias

09/12/2016 06:15

Após desistências, governo confirma nova chamada em concurso da Agepen

Midiamax

O governo do Estado confirmou que alguns aprovados no concurso da Agepen (Agência Estadual do Sistema Penitenciário) foram chamados, mas não se matricularam no curso de formação que já está em andamento. Por isso, segundo assessoria de imprensa, mais aprovados serão convocados para repor essas faltas.

A SAD (Secretaria Estadual de Administração e Desburocratização) vai abrir chamada adicional e será criada nova sala. Inclusive, por determinação judicial, 13 remanescentes de um concurso anterior farão parte desta turma. Nos últimos dias, pessoas de outros estados têm entrado em contato com a reportagem do Jornal Midiamax para saber sobre o assunto.

A data não foi informada e os interessados devem acompanhar o Diário Oficial do Estado, no qual serão publicadas as convocações. Dos 1.105 aprovados, o Executivo abriu vaga para 438 no curso de formação. 

Em ação ingressada contra o governo, o MPE-MS (Ministério Público Estadual) pede que todos sejam chamados. Contudo, em resposta, o procurador-Geral do Estado, Adalberto Neves Miranda, informou ser economicamente impossível atender ao órgão.

De acordo com a manifestação, o custo para o curso, já em andamento para 438 alunos, foi estimado em R$ 2,2 milhões, valor que passaria para R$ 3,4 milhões caso os outros 667 concursados fossem chamados. A ação pede, ainda, que sejam contratados gradativamente 1,8 mil agentes.

De acordo com o MPE-MS, hoje são 56 encarcerados para cada funcionário responsável por custodiá-los, número 11 vezes maior do que o preconizado pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária. O Estado diz estar ciente da situação, porém aponta que não ficou inerte, sendo que realizou concurso público para amenizar o problema.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 26 de Novembro de 2020
00:00
São José do Rio Preto, São Paulo
Quarta, 25 de Novembro de 2020
13:28
Luto no Futebol
Terça, 24 de Novembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)