Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/10/2015 09:04

Após autuação por estelionato, suspeito oferece R$10 mil a Policial Civil

Redação

O proprietário da loja Tecidos Cassilândia, C. Q. de S., 55 anos, registrou boletim de ocorrência por estelionato na manhã do dia 21 em Cassilândia (MS). Segundo ele, a gerente de sua conta ligou perguntando se podia pagar cheques no valor de R$ 4.900,00 e de R$ 2.940,00.

Ressalta-se que o cheque de valor maior ainda se encontrava inserido no talão da vítima, e o segundo foi repassado para pagamento de contas. Após verificar seu extrato, e tendo a certeza da tentativa de fraude, informou a sua gerente da ilicitude dos cheques emitidos.

Foi orientado por sua gerente a sustar o talão inteiro, com fito de evitar novas tentativas de clonagem, inclusive os compensados, os quais fará os devidos pagamentos em espécie.

Flagrante - Na tarde de ontem (21), E. R. F., 37 anos, e C. M. A., 48 anos, foram autuados por tentativa de estelionato e corrupção ativa na tarde de ontem (21) na rua Joaquim B. de Souza em Cassilândia (MS).

Conforme boletim de ocorrência, a Polícia Civil foi acionada sobre possíveis estelionatários que tinham acabado de sair do Banco do Brasil. Eles que teriam consumado o estelionato com cheque do proprietário da loja de tecidos citada.

A Polícia Civil verificou que eles estavam em um veículo Gol, cor branca, placa do município de Paranavaí (PR). Feita a abordagem, foi realizada a condução dos dois à Delegacia de Polícia Civil.

Enquanto isso, um dos investigadores de Polícia ficou no estabelecimento bancário para angariar supostas provas a materializar o crime atribuído aos dois.

Assim, verificou a existência do crime de estelionato consumado, relatado pelo proprietário da loja, em que os cheques foram pagos na data de ontem.

Na tarde de ontem, usando o mesmo modus operandi, os suspeitos tentaram novamente fazer novos depósitos, com provavelmente novas vítimas e novos valores, só não obtendo êxito por circunstância alheia as suas vontades, porque, segundo um funcionário do banco, vislumbrou um deles em atitude suspeita no balcão.

Sabendo que estava tendo seus atos vigiados, o suspeito saiu do Banco do Brasil com cheques e envelopes, sendo abordados pela Polícia Civil.

Chegando a esta Delegacia, diante das incontestáveis provas, o suspeito E. R. F., manifestou no sentido em ter conversa particular com um dos investigadores. Na ocasião, acabou prometendo a quantia de R$ 10.000,00, incidindo no crime de corrupção ativa, devidamente demonstrado em gravação.

As informações são da Polícia Civil de Cassilândia. 

Após autuação por estelionato, suspeito oferece R$10 mil a Policial Civil
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)