Cassilândia, Sábado, 26 de Maio de 2018

Últimas Notícias

08/10/2014 13:00

Após 45 dias de morte de Samila, polícia suspeita de troca de medicamento

Campo Grande News

Há 45 dias da morte de Samila Barbosa de Oliveira, 5 anos, a Polícia Civil suspeita de troca de medicamento e aguarda o laudo que vai mostrar qual substância nociva foi aplicada na paciente. A criança morreu depois de receber uma injeção de antibiótico na Santa Casa de Misericórdia de Cassilândia, distante 418 quilômetros de Campo Grande. A mãe da criança suspeita de erro médico.

De acordo com o delegado responsável pela investigação, Alexandro Mendes de Araújo, cerca de 20 pessoas, entre funcionários e pacientes, foram ouvidos. Em depoimento, o médico José Quaranta Filho, que prescreveu o medicamento, disse que o antibiótico não poderia causar a morte súbita da menina, mesmo se fosse aplicado em quantidade maior.

Ainda conforme o delegado, o laudo que está para chegar, vai mostrar se no tecido da criança há alguma substância nociva, como por exemplo, cloreto de potássio, que se aplicado na veia pode causar a morte imediata. “Uma das hipóteses que nos trabalhamos é com a troca de medicação”, diz Alexandro.

O caso – Samila morreu na manhã do dia 23 de agosto, após ser internada na Santa Casa da cidade. A mãe, a esteticista Alessandra Barbosa da Silva, 35 anos, contou que a filha, estava em seus braços quando uma enfermeira aplicou na veia da criança uma dose de antibiótico, em seguida, a menina deu um grito forte e morreu.

Conforme Alessandra, Samila estava com a garganta irritada e ia embora, quando o médico José Quaranta Filho disse que havia dado uma alteração nos resultados do exame e prescreveu a medicação.

Realmente não devemos julgar as pessoas, ate mesmo porque não somos Deus, porem como mãe mi coloca no lugar dessa mãe, que perdeu sua filha, vivendo a pior dor que pode existir neste mundo.E Deus é de amor e também de justiça, e si tiver um culpado, por essa morte, ele deverá ser tratado como tal. Porém a mãe dessa pequena só ta querendo esclarecer os fatos, nada mais que justo...E se fosse com os nossos filhos ? O que faríamos?
 
Michelem Martins em 10/10/2014 08:02:06
Essa é Cassilândia, julgam sem nem ao menos saber a verdade, assim como no caso do cachorro mal tratado na praça, julgaram uma pessoa a qual não devia, caíram matando no face ai quando verdade apareceu, não me recordo de ver no face os que falaram mal se redimindo, assim será com o caso da pequena Samilla, quando a verdade aparecer os que mais falaram "meteram a boca" duvido dou minha cara a tapa de que esses tb irão se redimir....
 
Maritza Tiago em 09/10/2014 09:02:58
Aos que condenaram antecipadamente o médico, comecem a analisar outras possibilidades; e antes de julgarem o próximo... tenham mais cautela com a índole e a moral de um profissional.
 
Andreliza Cristina Silva em 08/10/2014 13:55:24
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Sexta, 25 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)