Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/09/2016 15:26

Após 42 anos, tráfego de veículos sobre a barragem de Jupiá é desativado

Ana Cristina Santos, Jornal do Povo
Travessia sobre o rio Paraná, interligado os estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo, não será mais utilizada para passagem de veículos. - Foto:  Mapio.NetTravessia sobre o rio Paraná, interligado os estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo, não será mais utilizada para passagem de veículos. - Foto: Mapio.Net

 

A Usina Hidrelétrica Engenheiro Souza Dias (Jupiá), em Três Lagoas, foi construída em 1974. A partir de então, a travessia sobre o rio Paraná, interligado os estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo, foi utilizada para passagem de veículos.

Desde as 8h desta quinta-feira (29), os veículos deixaram de passar sobre a barragem de Jupiá, já que a ponte rodoviária sobre o rio Paraná, na divisa entre Três Lagoas e Castilho (SP) foi liberada para o trânsito.

Desde o anúncio, até efetivamente a construção da ponte, foram mais de 20 anos de espera. Em 2000, a empreiteira Camargo Corrêa venceu uma licitação para a construção. No entanto, nem chegou a iniciar a obra porque queria uma antecipação de recursos.

Em 2010 foi aberta nova licitação para a contratação de empresa interessada em executar o serviço. Em junho de 2011, o governo federal autorizou a empreiteira A. Gaspar iniciar as obras.

A previsão era de que a obra fosse inaugurada em abril de 2015, no entanto, em razão da necessidade de revisão do projeto, bem como devido ao bloqueio de recursos pela Justiça, e devido às chuvas, houve um atraso no cronograma. O projeto que era de 1999 também precisou ser revisado, atrasando um pouco mais conclusão.

TRAJETO MENOR

De acordo com o engenheiro do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) de Três Lagoas, Milton Rocha Marinho, a ponte representa muito para o sistema viário, uma vez que não haverá mais a necessidade dos veículos transitarem pela barragem de Jupiá, que é considerado um empecilho para o desenvolvimento de logística.

Para atravessar o rio pela barragem, de acordo com o engenheiro, dependendo da quantidade de veículos, em especial os pesados, pode levar até 30 minutos. “Com a ponte não vai haver essa demora”, destacou.

A ponte - que custou pouco mais de R$ 117 milhões - possui pista simples, com três faixas, sendo uma adicional para carretas e caminhões, com 1.344 metros de extensão e 6.648 metros de acessos pavimentados. Pelo lado de São Paulo, o acesso começa na rotatória de início da rodovia Marechal Rondon (SP-300) e, por Três Lagoas, sai na rotatória próxima ao antigo prédio da Delegacia da Polícia Rodoviária Federal, no início da BR-262, segundo o Jornal do Povo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)