Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/07/2013 09:47

Após 4 anos de disputa, André nomeia procurador para 31ª vaga do TJ/MS

Aline dos Santos, Campo Grande News

Motivo de disputa há quatro anos, a 31ª vaga para desembargador do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) será assumida pelo procurador Paulo Alberto de Oliveira. A nomeação, a partir de lista tríplice encaminhada pelo tribunal, foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial do Estado. Ele foi o mais votado.

O decreto é assinado pelo governador André Puccinelli (PMDB). A lista ainda era formada pelos procuradores Silvio Cesar Maluf e Jaceguara Dantas da Silva Passos, todos do MPE (Ministério Público Estadual).

A 31ª vaga é reservada ao quinto constitucional, preenchida alternativamente pelos advogados e membros do Ministério Público. Em maio deste ano, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) determinou que a vaga será ocupada por um representante do Ministério Público. Contudo, a OAB ( Ordem dos Advogados do Brasil) ainda não desistiu da vaga e espera pronunciamento do STF (Supremo Tribunal Federa).

A disputa surgiu em abril de 2009, quando o TJ/MS criou mais duas vagas para desembargador, uma delas ocupada pela Magistratura e a outra para o quinto constitucional.

O tribunal chegou a lançar edital para preencher a 31ª vaga, destinando-a a advogados, mas a Amamsul (Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul) e o MPE abriram processo, no próprio TJ, reivindicando a vaga. A decisão final foi de que ela deveria ser dada a um magistrado. Houve contestação e o Supremo anulou essa decisão, deixando a disputa restrita à OAB e integrantes do MPE.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)