Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

31/08/2009 20:22

Após 14 meses, peão acusado de arrastar militar é solto

Edivaldo Bitencourt, Campo Grande News

Foi solto nesta segunda-feira, após estar preso há um ano e dois meses, desde 11 de junho do ano passado, o peão Fagner Gonçalves, 27 anos, acusado de atropelar, arrastar por 15 quilômetros e matar o cabo do Exército, Leonardo Sales da Silva.

O alvará de soltura, contra parecer do MPE (Ministério Público Estadual), foi concedido nesta segunda-feira pela 2ª Turma Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). O relator do caso foi o desembargador Carlos Eduardo Contar.

Gonçalves foi denunciado por homicídio doloso e pode ir a júri popular pela morte do militar, ocorrida em 6 de junho de 2008. O crime chocou a população pela brutalidade, já que o cabo do Exército foi arrastado pelo caminhão F-350 entre os bairros Dom Antônio Barbosa, na saída para Sidrolândia, e Itamaracá, na saída para São Paulo.

Simulação – O MPE recorreu contra um laudo pericial e pedia uma nova reconstituição. O juiz Aluizio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, negou o pedido e determinou a realização de júri popular.

A defesa recorreu contra a realização do júri, alegando homicídio culposo. Na decisão de hoje, por maioria, os desembargadores acataram parcialmente o recurso da defesa.

O Campo Grande News tentou falar com o advogado de defesa, Abadia Marques Rezende, mas os seus telefones celulares estavam desligados e ele não retornou à ligação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)