Cassilândia, Domingo, 25 de Junho de 2017

Últimas Notícias

31/08/2009 20:22

Após 14 meses, peão acusado de arrastar militar é solto

Edivaldo Bitencourt, Campo Grande News

Foi solto nesta segunda-feira, após estar preso há um ano e dois meses, desde 11 de junho do ano passado, o peão Fagner Gonçalves, 27 anos, acusado de atropelar, arrastar por 15 quilômetros e matar o cabo do Exército, Leonardo Sales da Silva.

O alvará de soltura, contra parecer do MPE (Ministério Público Estadual), foi concedido nesta segunda-feira pela 2ª Turma Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). O relator do caso foi o desembargador Carlos Eduardo Contar.

Gonçalves foi denunciado por homicídio doloso e pode ir a júri popular pela morte do militar, ocorrida em 6 de junho de 2008. O crime chocou a população pela brutalidade, já que o cabo do Exército foi arrastado pelo caminhão F-350 entre os bairros Dom Antônio Barbosa, na saída para Sidrolândia, e Itamaracá, na saída para São Paulo.

Simulação – O MPE recorreu contra um laudo pericial e pedia uma nova reconstituição. O juiz Aluizio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, negou o pedido e determinou a realização de júri popular.

A defesa recorreu contra a realização do júri, alegando homicídio culposo. Na decisão de hoje, por maioria, os desembargadores acataram parcialmente o recurso da defesa.

O Campo Grande News tentou falar com o advogado de defesa, Abadia Marques Rezende, mas os seus telefones celulares estavam desligados e ele não retornou à ligação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 25 de Junho de 2017
Sábado, 24 de Junho de 2017
23:07
Loteria
Sexta, 23 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)