Cassilândia, Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020

Últimas Notícias

24/07/2020 08:20

Aplicativo da Anatel compara preços de serviços de telecomunicações

Ferramenta permite filtragem por pacotes e capacidade de franquia

Agência Brasil
Aplicativo da Anatel compara preços de serviços de telecomunicações

O consumidor de serviços de telecomunicações – da telefonia à televisão por assinatura – ganhou uma ferramenta para comparar preços e pacotes. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) lançou hoje (23) o aplicativo Anatel Comparador.

Disponível nas principais lojas de aplicações, como Play Store (Google) e iOS (Apple), o programa apresenta informações sobre quatro tipos de serviços: telefonia fixa, telefonia móvel, banda larga fixa e TV por assinatura. A conexão à internet por tecnologia móvel também pode ser pesquisada por meio dos serviços de telefonia celular.

O sistema parte da localidade do usuário e permite a filtragem das buscas por alternativas de pacotes por diversas categorias, como preço, capacidade da franquia, tecnologia e, no caso da TV paga, canais. O aplicativo permite a comparação de outros aspectos do serviço, como aplicativos ofertados (acesso a serviços gratuitos de redes sociais, por exemplo), obrigação de fidelização, capacidade de inclusão de dependentes.

Em entrevista coletiva online para lançamento da iniciativa, o presidente da Anatel, Leonardo Euller de Morais, defendeu que o aplicativo contribui para fortalecer a atuação do consumidor no setor de telecomunicações.

“Hoje temos ferramenta que tem como objetivo o fortalecimento da capacidade de escolha e acompanhamento das condições de oferta e prestação do serviço pelos consumidores. Ela gera empoderamento mediante ganhos de transparência, sobretudo na oferta. É uma peça chave para que o consumidor possa se tornar um agente mais ativo e decisivo no mercado”, ressaltou.

Transparência
Na avaliação do coordenador do programa de telecomunicações do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, Diogo Moysés, a iniciativa é positiva, pois usuários têm dificuldade em comparar as diferentes alternativas de serviços de telecomunicações. Além disso, ela reduz o tempo de procura do consumidor.

“Contudo, é preciso garantir que as ofertas apresentadas estejam de fato sendo ofertadas pelas operadoras, para que o sistema não se transforme em um problema ao invés da solução. Além disso, um passo importante a ser dado é a construção de um sistema de dados abertos, que pode ser utilizado inclusive por outros desenvolvedores, para que o consumidor possa optar por outros comparadores, dando ainda mais transparência e possibilidades de acesso às ofertas das operadoras pelos consumidores”, defende.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 14 de Agosto de 2020
08:16
Geral
Quinta, 13 de Agosto de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)