Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/10/2016 00:19

Apesar dos rostos conhecidos, ‘famosos’ ficaram de fora da Câmara

Redação
Ex-BBB tentou vaga na Câmara, mas não foi desta vez (Foto: Arquivo Campo Grande News)Ex-BBB tentou vaga na Câmara, mas não foi desta vez (Foto: Arquivo Campo Grande News)

 

Celebridades e famosos nas redes sociais não conseguiram se eleger com o votos dos fãs. Numa cidade com 595 mil eleitoral, ser um rosto conhecido não teve tanto valor.

A ex-BBB, Priscila (PMDB), o colunista social Dácio Correa (PtdoB) e “aquele do vídeo”, Marcelo Heitor (PcdoB), que é sobrinho do Zeca do PT, e outros ficaram de fora da Câmara de Campo Grande.

Alguns deles passaram longe de conquistar a vaga e não tiveram nem 10% dos votos da última a conquistar uma vaga, a enfermeira Cida Amaral (PTN), que teve 1.929 votos.

Priscila Pires participou da nona edição do reality show Big Brother Brasil, em 2009. Jornalista e mãe de dois filhos, a campo-grandense voltou para a Capital no ano passado, se filiou o PMDB e decidiu se candidatar. Ela teve 691 votos.

Na lista dos concorrentes famosos está também Dácio Correa. Ele é colunista social requisitado e circula entre os mais abastados, mas só 122 confiaram seu voto nele.

Marcelo Heitor, que ficou conhecido depois que gravou vídeo redicularizando manifestações contra o governo de Dilma Roussef (PT), dá ibope só nas redes sociais, porque só 691 pessoas acreditaram que ele seria um bom vereador.

O jornalista Edson Godoy (PSDB) “fez fama” por ser um rosto conhecido na televisão. Não é a primeira vez que ele se candidata e não consegue se eleger. Desta vez, ele teve 1.166 votos.

Sem reeleição – Dois famosos que já tinham mandato também ficaram de fora: o Chocolate (PTB) e Vanderlei Cabeludo (PMDB).

O primeiro ficou conhecido por ter sido o palhaço do programa “Picarelli com Você”, apresentado pelo deputado estadual. Em 2012, ele foi eleito com 2.503 votos, o menor número, mas desta vez só conseguiu 298, conforme consta no sistema do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul).

Autor do famoso bordão “toca, toca, toca pra nós”, já Cabeludo iria para o quarto mandato. Embora seja radialista, apresentador do programa “Vida Sertaneja”, do SBT/MS, não teve votos suficientes para garantir seu assento na Câmara – 1.554 votaram nele.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)