Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/09/2006 16:30

Apesar das fallhas, Leão confirma Marcelo no gol

Redação Corinthians

Em entrevista coletiva concedida após o treinamento da manhã de hoje, no Parque São Jorge, o técnico Émerson Leão saiu em defesa do goleiro Marcelo, que falhou no lance do gol do Internacional no empate de 1 a 1, domingo, no Beira-Rio. “O Marcelo está tendo uma regularidade muito grande. Errar todo goleiro erra”, disse o técnico.

Goleiro titular da Seleção Brasileira nas Copas de 74 e 78, Leão falou que não seria justo substituir Marcelo por causa de uma falha isolada. “Eu não vou tirar um goleiro que vinha fazendo boas partidas por um erro. Se ele tomar um gol e não tiver cabeça não pode ser goleiro, mas isso não vai acontecer com ele”, explicou o treinador, para quem a ajuda do sistema defensivo foi fundamental no crescimento de produção dos goleiros alvinegros. “Todo mundo falava que a defesa do Corinthians era altamente vulnerável e isso acabava sobrecarregando o goleiro, que nem sempre estava preparado.”

Sobre o fato da defesa estar produzindo mais do que o ataque, Leão não acha preocupante. “A melhor maneira de chegar a uma vitória é não tomar um gol e isso nós estamos cumprindo. O primeiro gol que sofremos que não foi de bola parada foi esse último, de ‘soltura’ do goleiro”, analisou.

Perguntado sobre o motivo de insistir tanto em treinamentos de jogadas de cruzamento e de bola parada, Leão foi bem claro: “se nós observarmos, a bola parada decide 70% dos jogos. Por isso que eu treinei tanto hoje e treino todos os dias.”

Leão ainda falou sobre o Lanús-ARG, adversário de amanhã pela Sul-Americana. “Vamos enfrentar um clube que possui a maioria dos jogadores vindos das categorias de base. Eles são jovens e velocistas”, disse o treinador, que falou que as agressões que sofreu em uma partida contra o Lanús-ARG, na Argentina, quando dirigia o Atlético-MG, são águas passadas. “Foi um momento desagradável e é lógico que não vou esquecer, mas passou.”

Por fim, Leão comentou o fato de jogar no Morumbi. “Para mim a coisa desagradável de jogar no Morumbi é o preço que eles cobram. Era melhor jogar no Canindé, mas lá a gente só pode colocar cinco mil torcedores”, falou o treinador corinthiano.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)