Cassilândia, Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019

Últimas Notícias

16/03/2005 15:46

Apesar da Rússia, embarques de carne crescem 28%

Acrissul

O embargo russo à carne bovina brasileira - encerrado no início de março - acabou por promover um rearranjo no mercado, nos últimos meses, que evitou a queda das exportações nacionais. Em fevereiro, os embarques brasileiros somaram 153,4 mil toneladas equivalente-carcaça (de carne in natura, industrializada e miúdos), alta de 28,10% sobre igual mês de 2004. A receita somou US$ 189,392 milhões, aumento de 27,03% segundo a Abiec (reúne os frigoríficos exportadores) .

Como só Santa Catarina estava liberada para vender à Rússia, os embarques ao país caíram 62,27% sobre fevereiro de 2004, para 3.093 toneladas. Já a receita recuou 53% para US$ 3,313 milhões. Mas o recuo nos embarques à Rússia acabou sendo compensado pelo aumento das vendas a outros mercados, como Egito, Argélia e Bulgária.

O diretor-executivo da Abiec, Antônio Camardelli, explicou que a Argentina elevou seus embarques ao mercado russo no período em que o Brasil esteve fora, mas deixou espaço para os exportadores brasileiros elevarem as vendas ao Egito, que comprou US$ 37,9 milhões entre janeiro e fevereiro, alta de 7% sobre o primeiro bimestre de 2004. Segundo ele, não há preocupação quanto a uma eventual perda de espaço para a Argentina no mercado russo. Isso porque, disse, o Brasil tem custos mais competitivos e oferta contínua.

Bulgária e a Argélia, ambos mercados novos para o Brasil, também compraram mais. A Bulgária importou 11.082 toneladas no primeiro bimestre, um incremento de 1.407%, segundo a Abiec. A receita com as vendas aumentou 1.514% para US$ 10,025 milhões. Já a Argélia comprou US$ 6,023 milhões entre janeiro e fevereiro deste ano, um avanço de 208%.

De acordo com a Abiec, as vendas externas de carne bovina geraram uma receita de US$ 381,3 milhões no primeiro bimestre deste ano, alta de 28,6% sobre igual intervalo de 2004. Os volumes totalizaram 314 mil toneladas no período, um aumento de 29% sobre o primeiro bimestre de 2004.

Fonte: Globo Rural Online

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 19 de Agosto de 2019
Domingo, 18 de Agosto de 2019
09:00
Santo do Dia
Sábado, 17 de Agosto de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)