Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/03/2005 15:46

Apesar da Rússia, embarques de carne crescem 28%

Acrissul

O embargo russo à carne bovina brasileira - encerrado no início de março - acabou por promover um rearranjo no mercado, nos últimos meses, que evitou a queda das exportações nacionais. Em fevereiro, os embarques brasileiros somaram 153,4 mil toneladas equivalente-carcaça (de carne in natura, industrializada e miúdos), alta de 28,10% sobre igual mês de 2004. A receita somou US$ 189,392 milhões, aumento de 27,03% segundo a Abiec (reúne os frigoríficos exportadores) .

Como só Santa Catarina estava liberada para vender à Rússia, os embarques ao país caíram 62,27% sobre fevereiro de 2004, para 3.093 toneladas. Já a receita recuou 53% para US$ 3,313 milhões. Mas o recuo nos embarques à Rússia acabou sendo compensado pelo aumento das vendas a outros mercados, como Egito, Argélia e Bulgária.

O diretor-executivo da Abiec, Antônio Camardelli, explicou que a Argentina elevou seus embarques ao mercado russo no período em que o Brasil esteve fora, mas deixou espaço para os exportadores brasileiros elevarem as vendas ao Egito, que comprou US$ 37,9 milhões entre janeiro e fevereiro, alta de 7% sobre o primeiro bimestre de 2004. Segundo ele, não há preocupação quanto a uma eventual perda de espaço para a Argentina no mercado russo. Isso porque, disse, o Brasil tem custos mais competitivos e oferta contínua.

Bulgária e a Argélia, ambos mercados novos para o Brasil, também compraram mais. A Bulgária importou 11.082 toneladas no primeiro bimestre, um incremento de 1.407%, segundo a Abiec. A receita com as vendas aumentou 1.514% para US$ 10,025 milhões. Já a Argélia comprou US$ 6,023 milhões entre janeiro e fevereiro deste ano, um avanço de 208%.

De acordo com a Abiec, as vendas externas de carne bovina geraram uma receita de US$ 381,3 milhões no primeiro bimestre deste ano, alta de 28,6% sobre igual intervalo de 2004. Os volumes totalizaram 314 mil toneladas no período, um aumento de 29% sobre o primeiro bimestre de 2004.

Fonte: Globo Rural Online

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)