Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

16/04/2016 07:10

Apenas 22 municípios de MS implementaram o Cadastro Ambiental Rural

Campo Grande News

Dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, apenas 22 têm o CAR (Cadastro Rural Ambiental) implementado, de acordo com a 13ª edição da Munic ( Pesquisa de Informações Básicas Municipais) 2015, divulgada hoje pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Faltam 21 dias para que proprietários rurais realizarem o cadastro.

Outro dado levantado é que apenas 21 realizaram licenciamento ambiental em 2015, sendo que 17 cidades têm licenças prévias, 12 possuíam licença de instalação e 14 municípios tinham licenças de operação.

A pesquisa aponta também, dados relativos à gestão e à estrutura dos municípios, a partir da coleta de informações sobre seis temas, contemplando questões relacionadas a recursos humanos, planejamento urbano, recursos para a gestão, terceirização e informatização, gestão ambiental e articulação interinstitucional.

Recursos Humanos - Nas prefeituras de Mato Grosso do Sul, eram 91.027 funcionários em 2015 que trabalhavam na administração direta, sendo 61.375 concursados e 546 contratados. Mais de 7 mil trabalhadores eram comissionados e as prefeituras tinham 3,334 mil estagiários.

Dos 79 municípios do Estado, 29 contavam com administração indireta, sendo 5,694 funcionários e destes, 4,614 mil eram concursados e 34 contratados. Além destes, eram 567 comissionados e 47 estagiários e 422 que não tinham vínculo permanente.

A pesquisa aponta também os municípios com estrutura de área por prefeitura, de apenas 71 tinham esse planejamento urbano e 12 contavam com secretaria municipal exclusiva e 40 cidades, tinham secretaria municipal em conjunto com outras políticas e apenas 8 não possuíam estrutura física.

Em relação a escolaridade dos prefeitos, 37 tem ensino superior completo, mas nenhum possui mestrado ou doutorado.

Cobrança de imposto – Todos os municípios de Mato Grosso do Sul cobram IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e 74 tinham cadastro informatizado, até o ano passado.

A pesquisa divulgou também que 72 cidades cobravam taxa de iluminação pública e 47 cobravam taxa de coleta de lixo, 28 realizam cobrança de limpeza pública e 59 taxa de pode de polícia. Nenhum município cobra nenhuma taxa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)