Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/12/2015 17:09

Aparecida do Taboado receberá termelétrica de biomassa

Noticias ms

O secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Elias Verruck, entregou na manhã desta sexta-feira (4), Licenças Prévias para instalação de 10 usinas termelétricas (UTEs) de biomassa a serem instaladas nos municípios de Ribas do Rio Pardo, Aparecida do Taboado e Sonora. O investimento previsto nesses 10 empreendimentos é de R$ 2,760 bilhões, com potencial de geração de energia de 535,75 Megawatts. As licenças foram assinadas e entregues aos grupos Guarany Energética, Eldorado, Florestas do Paraná Energia e Cia Positiva de Energia, que participam do Leilão A-5 2016 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a ser realizado no dia 5 de fevereiro de 2016. A entrega dos licenciamentos foi feita no gabinete do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul).

“Em nosso planejamento estratégico de diversificação da economia do Estado, o setor de florestas desempenha um papel muito importante. Nos últimos 11 meses, nós trabalhamos na disseminação do Cluster Florestal em Mato Grosso do Sul, que nada mais é do que o aproveitamento ao máximo do potencial econômico oferecido pelo maciço florestal existente no Estado. Temos atualmente 900 mil hectares de eucalipto plantados nas propriedades sul-mato-grossenses, que em sua maior parte são consumidos pelas indústrias de celulose e papel. Já teremos plantas industriais que vão atuar no setor moveleiro, com produção de MDF e agora viabilizamos a instalação de 10 usinas termelétricas que vão produzir energia a partir de derivados de madeira e biomassa”, afirmou o secretário Jaime Verruck.

Em Mato Grosso do Sul, segundo informações das empresas do setor florestal, existe uma produção excedente de cerca de 360 mil hectares de eucalipto. “Quando nós identificamos esse excedente, saímos em busca de empreendedores para mostrar o potencial existente e as vantagens competitivas do nosso Estado. Obtivemos êxito e agora teremos 10 usinas de biomassa que serão instaladas no Estado. Juntas, elas deverão consumir 225 mil hectares, ainda assim teremos 135 mil hectares excedentes disponíveis para outros empreendimentos”, disse o secretário.

Celeridade e responsabilidade


No dia 1º de outubro deste ano, o Imasul publicou o Termo de Referência e Estudo Ambiental Preliminar para instalação de termelétricas acima de 10 megawatts que utilizem como combustível derivados da madeira, biomassa, gás natural ou metano. Essa publicação possibilitou que os empreendedores interessados em instalar termelétricas de biomassa em Mato Grosso do Sul tivessem condições, em tempo hábil, de participar do leilão da Aneel.

“Tivemos o empenho e dedicação dos técnicos do Imasul, dos setores de Licenciamento Ambiental e EIA Rima que, num esforço concentrado, analisaram os pedidos e emitiram seus pareceres com celeridade e responsabilidade. Dessa forma pudemos atender as demandas e dar segurança aos empreendedores de que teriam as condições exigidas para participar desse certame”, frisou Jaime Verruck.

As 10 usinas termelétricas que participam do leilão deverão gerar 900 empregos diretos no período de obras e 250 na fase de operação. Confira abaixo o quadro com a localização das UTEs e potencial de geração de energia.

Fonte: Noticias.ms

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)