Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/12/2011 06:49

Aos 81 anos, morre o ex-deputado Nelson Trad

Paulo Fernandes, Campo Grande News
Culto, Nelson Trad era um excelente orador; ele deixa três herdeiros políticosCampo Grande NewsCulto, Nelson Trad era um excelente orador; ele deixa três herdeiros políticosCampo Grande News

Vítima de um problema no coração, o ex-deputado federal Nelson Trad, de 81 anos, na noite de ontem no Hospital Proncor, no bairro Chácara Cachoeira, em Campo Grande.

O hospital confirmou a morte, mas disse não ter autorização da família para dar informações sobre a causa da morte.

O deputado federal Edson Giroto (PR) contou que o colega Fábio Trad (PMDB), filho de Nelson Trad, está muito abadido. “É um homem que Mato Grosso do Sul deve para ele a História”, afirmou.

Nelson Trad estava com a saúde fragilizada. Recentemente, com um diagnóstico de obstrução de artérias, ele teve implantado dois stents para reforçar o bombeamento do sangue.

Trad apresentava problemas cardíacos desde 1983, quando operou e passou a fazer revascularizações frequentes. No ano passado ele implantou um marcapasso.

Culto e habilidoso - Nascido em Aquidauana, em 1930, o advogado e professor Nelson Trad foi parlamentar estadual por dois mandatos e deputado federal por mais sete.

Durante a carreira política na Câmara dos Deputados, Trad foi ainda líder do PMDB, 2º Secretário da Câmara, membro da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e do Conselho de Ética.

Ele foi ainda presidente do diretório do PTB em Mato Grosso do Sul. Culto e habilidoso com as palavras, Nelson Trad era um crítico ácido principalmente ao PT.

O patriarca da família Trad se formou em Direito na UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), em 1957, e voltou a Mato Grosso do Sul como advogado criminalista, mas acabou entrando na política.

Aliás, a militância política teve um ensaio antes do retorno ao Estado, quando Nelson Trad comandou uma greve que parou a linha de bonde no Rio de Janeiro.

\"O movimento saiu da minha faculdade, do Catete, e até hoje alguns remanescentes lembram com saudades\", disse o ex-deputado em uma entrevista à TV Assembleia, exibida em maio deste ano.

O protesto rendeu a fama de \"baderneiro\" e de \"comunista\" a Trad, que era advogado do PCB (Partido Comunista do Brasil). \"Alguns afirmaram de forma segura: esse é um comunista\", contou o patriarca, naquela entrevista. Durante a Ditadura Militar, Nelson Trad ficou preso por 25 dias.

Ele deixa três herdeiros na política: o prefeito Nelsinho Trad, o deputado federal Fábio Trad e o deputado estadual Marquinhos Trad.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)