Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/04/2006 10:17

Ao menos 12 empresas querem produzir biodiesel em MS

Assembléia Legislativa


Pelo menos doze empresas estão com projetos prontos para produzir biodiesel em Mato Grosso do Sul, de acordo com informações do deputado estadual Dagoberto Nogueira (PDT), ex-secretário estadual de Produção e Turismo. Os empresários, conforme o parlamentar, pretendem se instalar na região Norte, estão com os acordos redigidos e esperam apenas negociação com o governo do Estado em busca de incentivos financeiros. Observando essa perspectiva de crescimento para setor, o deputado Pedro Kemp (PT), propôs hoje na Assembléia Legislativa Projeto de Lei que busca estimular à produção e o uso do combustível alternativo em Mato Grosso do Sul.

A proposta lida na sessão desta terça-feira motivou o debate entre os parlamentares ligados ao assunto, dentre eles Dagoberto Nogueira e Paulo Côrrea (PL), respectivamente o ex-secretário estadual de Produção e Turismo e o presidente da comissão de Agricultura e Pecuária da Assembléia Legislativa. Ambos se dispuseram a discutir o Projeto de Lei e negociar com o governo, a fim de garantir que as indústrias de biodiesel se instalem no Estado.

Conforme o projeto de Kemp, a fabricação e a utilização do combustível alternativo deve considerar as seguintes diretrizes: respeito à legislação ambiental, integração das políticas públicas e privadas para o setor, atendendo as normas e ações do governo federal, e principalmente, estímulo à agricultura familiar por meio de incentivo do poder público.

Ao Estado caberá a realização um zoneamento agronômico, social e ambiental a fim de orientar o desenvolvimento do cultivo de oleaginosas e a produção do biodiesel nas regiões do Estado, além de promover assistência técnica e extensão preparando para o manejo agrícola das culturas, para extração e refino dos óleos vegetais e técnicas de adaptação de motores para o uso do biodiesel. A proposta estabelece também, que o poder público incentive a produção e comercialização de oleaginosas pela agricultura familiar, se necessário, com a criação de linha especial de crédito.

Ao receber as informações de Dagoberto Nogueira, Kemp lembrou que o município de Itaquiraí também vem sendo rondado por um grupo paranaense que pretende instalar indústria do biodiesel na cidade. "Estão sendo capitados cerca de R$ 40 milhões para o projeto", lembrou. Em Itaquiraí existem cerca de oito assentamentos rurais com aproximadamente 1,8 mil famílias que poderão se dedicar a produção de oleaginosas como soja, palma, babaçu, nabo-forrageiro, girassol e mamona.


Assessoria de Imprensa
Pedro Kemp

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)