Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/06/2006 21:15

Anvisa: venda fracionada pode começar com antibiótico

Agência Câmara

O presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Dirceu Raposo de Melo, afirmou nesta terça-feira, durante audiência pública promovida pela Comissão de Seguridade Social e Família, que a venda fracionada de medicamentos pode começar com antibióticos e antiinflamatórios. Segundo Melo, existe um decreto presidencial que amplia a possibilidade de fracionamento de outros medicamentos.
Outro tema discutido com Melo foi relativo à toxina botulínica Prosigne. O presidente da Anvisa disse se tratar de medicamento em uso no Brasil desde 2002. Segundo ele, há apenas nove ocorrências de efeitos colaterais relatados por médicos.
Em encontro recente também promovido pela Comissão de Seguridade, médicos descreveram casos de efeitos colaterais do Prosigne em pacientes com paralisia cerebral.

Convênios
Melo disse que a Anvisa fez convênios com 19 universidades para detectar abusos na propaganda de medicamentos. E acrescentou que o número de reclamações à ouvidoria da agência, que era de oito mil em 2004, chegou a 12 mil em 2005.
No encontro, o presidente da Anvisa apresentou relatório de 2005. Nesse período, segundo Melo, foram analisados 1.798 processos sobre preços de produtos farmacêuticos e registrados 10.762 produtos, entre os quais apenas dois eram novos.

O encontro foi solicitado pelos deputados Almerinda de Carvalho (PMDB-RJ), Osmânio Pereira (PTB-MG), Rafael Guerra (PSDB-MG) e Fernando Gabeira (PV-RJ).



Reportagem - Oscar Telles
Edição - Sandra Crespo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)