Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Últimas Notícias

10/07/2012 08:01

Anvisa proíbe venda do agrotóxico no Brasil

Agência do Rádio

A Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, proibiu neste mês a venda do agrotóxico metamidofós, presente em um inseticida desenvolvido para combater pragas que atacam plantações de algodão, amendoim, batata, feijão, soja, tomate e trigo. Em janeiro de 2011, a Agência havia determinado a retirada do produto do mercado nacional. A decisão partiu de estudos que comprovaram que o metamidofós afeta de forma significativa o sistema nervoso das pessoas, trazendo prejuízos para a saúde. Em um país em que ele era usado, o número de suicídios aumentou. De acordo com o gerente geral de Toxicologia da Anvisa, Luiz Cláudio Meirelles, a decisão beneficia toda a sociedade:

\\\" O resultado final disso vai ser uma proteção muito maior do trabalhador porque a toxidade desse agrotóxico era bastante elevada e vai beneficiar os consumidores também porque não teremos mais resíduos desse agrotóxico nos alimentos e que a gente encontrava muito. Então, a sociedade ganha muito mais com essa decisão da Anvisa. \\\"

O gerente geral de Toxicologia da Anvisa, Luiz Cláudio Meirelles, garantiu que a proibição do agrotóxico metamidofós não vai prejudicar o trabalho dos agricultores:


\\\" Nós temos outros inseticidas que ocupam o lugar do metamidofós sem maiores problemas e com o perfil toxicológico bem mais favorável se pensarmos na proteção a saúde humana.\\\"
: O agrotóxico metamidofós também foi proibido na Europa, China, Japão e em outros países.

Reportagem, Débora Rocha


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Sábado, 19 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)