Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

09/01/2007 08:53

Anvisa limitará prescrição médica de moderadores

Alex Rodrigues/ABr

Brasília - A fim de reduzir o consumo crescente dos moderadores de apetite, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está elaborando uma resolução que limitará a prescrição e comercialização médica desses medicamentos. A medida também irá reforçar a proibição de os chamados anorexídeos serem misturados a outros remédios. O prazo para consulta pública sobre o teor da resolução termina no dia 12 de fevereiro.

Segundo o gerente-geral de Inspeção da Anvisa, Roberto Barbirato, a proposta, que já vem sendo discutida desde 2003, ganhou novo fôlego após as mortes por anorexia de quatro jovens.

A principal mudança será a adoção de um novo modelo de receita médica. Atualmente, os médicos usam um receituário do tipo B, que pode ser impresso em qualquer gráfica a pedido do próprio médico. A partir da publicação da nova resolução, moderadores de apetite, a exemplo da morfina, só poderão ser prescritos em receitas do tipo A. Estas, além de amarelas, são distribuídas exclusivamente pela vigilância sanitária dos estados ou municípios.

Barbirato disse que a resolução permitirá maior controle dos órgãos fiscalizadores, colaborando para coibir o consumo exagerado de anorexídeos. “Poderemos controlar se um determinado profissional está receitando estes remédios exageradamente. E se houver um risco sanitário, será só diminuir a liberação dos talões de receitas”, argumentou.

De acordo com a Anvisa, o acompanhamento médico é fundamental para que pacientes utilizem moderadores de apetite. Mesmo em casos de obesidade mórbida, o medicamento é visto como um dos últimos recursos a serem utilizados. Compostos por complexos anfetamínicos, ansiolíticos, laxantes, diuréticos, entre outros, podem gerar dependência física e psíquica.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
Sábado, 19 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Sexta, 18 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)