Cassilândia, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Últimas Notícias

11/10/2008 10:54

Anvisa faz alerta sobre presente do Dia das Crianças

Angela Kempfer Campo Grande News

Na hora de comprar o presente para os filhos, os pais precisam ficar atentos e se certificar de que o produto é adequado para a idade da criança. No caso de cosméticos infantis, é preciso verificar também se têm o selo de qualidade do Instituto Nacional de Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) ou registro na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O alerta é do diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumido do Ministério da Justiça, Ricardo Morishita.

"A primeira coisa é verificar se o brinquedo é adequado para a idade da criança. Segundo é verificar a existência do selo do Inmetro, que é a garantia da adequação do produto a um procedimento de qualidade. Outra coisa é ficar de olho nos produtos piratas: nem sempre aquilo que é bom para o bolso é bom para a saúde do consumidor", ressaltou Morishita.

Ele chamou a atenção para o aumento no consumo de cosméticos para crianças, que exige cuidado dos pais na hora da compra. "Se decidir pelo uso desses produtos, é importante verificar no selo da rotulagem o registro na Anvisa, que é quem faz o controle de todos esses cosméticos. É importante, porque tem produtos quínicos que podem causar alergias e irritações nos consumidores."

De acordo com a Anvisa, o Brasil é um dos maiores mercados mundiais de cosméticos para crianças. Para que os pais tenham certeza da qualidade do produto, devem procurar o número de registro na embalagem. Segundo a agência, para reconhecer o registro, os pais devem procurar no rótulo as iniciais MS, ANVS ou o nome Anvisa seguido de um número com 9 ou 13 dígitos, que é registro do produto no órgão.

A agência informa ainda que, para ter o registro, os produtos passam por análise da fórmula, de segurança e de rotulagem. A Anvisa recomenda que os pais usem apenas produtos indicados para crianças cuja fórmula que não agride a pele.

Trocas - Os consumidores que se sentirem lesados na compra de algum produto para o Dia da Criança devem procurar a loja ou o próprio fabricante para fazer a reclamação. O consumidor tem prazo de 90 dias para pedir que o fabricante ou a loja averigúe o problema.

Se o brinquedo oferecer algum problema, o pai pode solicitar que o revendedor ou fabricante averigúem o problema. A legislação determina que o problema seja resolvido em 30 dias.

Caso a questão não seja resolvida no prazo estabelecidoi, o consumidor pode pedir o dinheiro de volta, ou trocar o produto por outro.

Caso o produto traga algum prejuízo à saúde a criança, os pais ou responsáveis podem pedir a reparação do dano na Justiça. (Com informações da Agênica Brasil)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)