Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Últimas Notícias

17/06/2010 02:15

Antônio Carlos Valadares destaca vantagens do projeto do novo Código de Processo Penal

Agência Senado

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE) enalteceu o aumento de poder do magistrado determinado pelo projeto do novo Código de Processo Penal (PLS 256/09), que deverá ser votado em primeiro turno na próxima semana no Plenário do Senado. Para ele, o nessas alterações "farão com que o sistema de justiça criminal se torne mais eficaz".

- Isso significa coibir a impunidade, assegurar com que a pena seja cumprida com rigor e que o preso seja monitorado de perto pelo Estado - afirmou.

Em pronunciamento nesta quarta-feira (16), o parlamentar assinalou que o novo Código "ampliará o poder e as alternativas cautelares do magistrado, fazendo com que o processo penal alcance sua eficácia". Afirmou que atualmente há apenas três possibilidades de cautelares, que são a fiança, a prisão e a liberdade provisória.

- O projeto prevê um total de 14 medidas cautelares, como o aumento do valor da fiança, o recolhimento domiciliar, o monitoramente eletrônico, a suspensão do exercício da função pública ou da atividade econômica, a proibição de frequentar determinados lugares, o afastamento do lar ou de outro local de convivência da vítima e a proibição de se aproximar ou manter contato com pessoa determinada - exemplificou.

O parlamentar lembrou que o projeto, relatado pelo senador Renato Casagrande (PSB-ES), foi apresentado pela Presidência do Senado a partir de sugestão de uma uma comissão externa de juristas composta por nove integrantes. Já no Senado, foram analisadas ainda outras 47 proposições que tramitavam sobre o tema, e também realizadas audiências públicas em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Porto Alegre, Goiânia e Vitória. Nessas audiências manifestaram-se representantes do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil, das Defensorias Públicas, das Secretarias de Justiça e de Segurança e das faculdades de Direito, entre outras entidades.

Em aparte, o senador Renato Casagrande agradeceu os elogios de Antônio Carlos Valadares a seu trabalho e lembrou que o Código atualmente em vigor data de 1941, sendo considerado um "instrumento da impunidade".

Da Redação / Agência Senado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)