Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/06/2010 02:15

Antônio Carlos Valadares destaca vantagens do projeto do novo Código de Processo Penal

Agência Senado

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE) enalteceu o aumento de poder do magistrado determinado pelo projeto do novo Código de Processo Penal (PLS 256/09), que deverá ser votado em primeiro turno na próxima semana no Plenário do Senado. Para ele, o nessas alterações "farão com que o sistema de justiça criminal se torne mais eficaz".

- Isso significa coibir a impunidade, assegurar com que a pena seja cumprida com rigor e que o preso seja monitorado de perto pelo Estado - afirmou.

Em pronunciamento nesta quarta-feira (16), o parlamentar assinalou que o novo Código "ampliará o poder e as alternativas cautelares do magistrado, fazendo com que o processo penal alcance sua eficácia". Afirmou que atualmente há apenas três possibilidades de cautelares, que são a fiança, a prisão e a liberdade provisória.

- O projeto prevê um total de 14 medidas cautelares, como o aumento do valor da fiança, o recolhimento domiciliar, o monitoramente eletrônico, a suspensão do exercício da função pública ou da atividade econômica, a proibição de frequentar determinados lugares, o afastamento do lar ou de outro local de convivência da vítima e a proibição de se aproximar ou manter contato com pessoa determinada - exemplificou.

O parlamentar lembrou que o projeto, relatado pelo senador Renato Casagrande (PSB-ES), foi apresentado pela Presidência do Senado a partir de sugestão de uma uma comissão externa de juristas composta por nove integrantes. Já no Senado, foram analisadas ainda outras 47 proposições que tramitavam sobre o tema, e também realizadas audiências públicas em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Porto Alegre, Goiânia e Vitória. Nessas audiências manifestaram-se representantes do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil, das Defensorias Públicas, das Secretarias de Justiça e de Segurança e das faculdades de Direito, entre outras entidades.

Em aparte, o senador Renato Casagrande agradeceu os elogios de Antônio Carlos Valadares a seu trabalho e lembrou que o Código atualmente em vigor data de 1941, sendo considerado um "instrumento da impunidade".

Da Redação / Agência Senado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)