Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/02/2016 09:30

Antibióticos contra asma?

EPharma Notícias

Volta e meia me surpreendo com a onipresença de bactérias -elas estão nos nossos intestinos, na nossa pele, nas nossas úlceras e nossos tumores de estômago. E, ao que parece, até nos nossos ataques de asma.

Não dá ainda para afirmar com certeza, mas é razoável a chance de que esses micróbios tenham algum papel, se não em desencadear, ao menos em agravar e prolongar os estreitamentos dos brônquios que fazem tanta gente chiar e padecer com falta de ar.

É o que sugere um estudo publicado no periódico "The Lancet Respiratory Medicine". O trabalho foi realizado pelo Centro Dinamarquês de Asma Pediátrica, da Universidade de Copenhague.

O grupo liderado por Hans Bisgaard tratou por mais de três anos 158 acessos de asma em 72 crianças. Metade delas recebeu doses orais do antibiótico azitromicina, e a outra metade, um preparado inócuo (placebo).

Os resultados foram surpreendentes. Os ataques dos meninos que tomaram antibióticos duraram em média 3,4 dias após o início do tratamento. No caso dos que receberam doses de placebo, os acessos se prolongaram por 7,7 dias.

Ou seja, a medicação com antibiótico reduziu a menos da metade a duração do problema. Mais ainda: os pesquisadores dinamarqueses constataram que entrar com a azitromicina logo após o início dos sintomas de asma faz com que o ataque se encurte ainda mais.

Seria prematuro concluir que os antibióticos se generalizarão como tratamento padronizado para asma, no entanto. Uma das razões para isso é que não se sabe ao certo como essas drogas agem para abreviar e abrandar os acessos.

Os autores do estudo estão convictos de que bactérias instaladas no pulmão têm papel decisivo e de que matá-las com o antibiótico é a chave do sucesso. Mas, como não podem ter certeza absoluta de que o medicamento não exerça também um papel anti-inflamatório sobre os brônquios, recomendam no artigo que novas pesquisas investiguem essa possibilidade.

Além disso, antibióticos não são exatamente medicamentos sem efeitos colaterais. Entre outras coisas, eles alteram a flora intestinal das crianças, cujo desequilíbrio é cada vez mais associado com obesidade e até distúrbios mentais. Outros estudos relacionam o uso de antibióticos na infância com a incidência, na vida adulta, até mesmo de... asma.

Biomedicina é assim - cada estudo que abre uma porta revela que há outras mais por abrir. Não é motivo para perder a esperança nela, mas serve para desfazer a crença ingênua de que possa produzir a todo momento respostas e tratamentos definitivos para nossas aflições.

O mundo em que vivemos, afinal, está povoado com uma miríade de bactérias cujas artes mal começamos a desvendar.

(Marcelo Leite)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)