Cassilândia, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

10/08/2013 11:00

Antes de ser baleado, policial entrou em luta corporal com assaltante

Mariana Lopes e Aliny Mary Dias, Campo Grande News
Mercearia onde ocorreu o crime (Foto: Pedro Peralta)Mercearia onde ocorreu o crime (Foto: Pedro Peralta)

O policial militar Eloy Orosco Figueira, 35 anos, que foi baleado após reagir a um assalto, entrou em luta corporal com o bandido antes de ser atingido pelos tiros. A briga começou quando o assaltante percebeu o movimento do PM para sacar a arma que estava na cintura dele.

O crime ocorreu na noite de ontem, por volta das 19h, na mercearia Roselândia, localizada na rua Goiatuba, no Jardim Morenão, na região do Bairro Pioneiros, em Campo Grande. O comerciante Márcio Santos Araujo, 37 anos, conta que conversava com Eloy dentro do estabelecimento quando o bandido chegou, anunciou o assalto e pediu a chave da moto que estava estacionada em frente ao local.

Segundo o proprietário da mercearia, Eloy entregou a chave da CB 300, sem hesitar. Em seguida, sempre com a arma apontada em direção ao policial e ao comerciante, o assaltante mandou as vítimas ficarem agachadas enquanto ele se dirigia para a porta do estabelecimento, onde estava o outro bandido. Outros dois comparsas aguardavam a dupla na esquina da marcearia.

Conforme o relato de Mário, quando o assaltante chegou à porta e virou de costas para as vítimas, o policial tentou pegar a arma que estava na cintura para reagir ao assalto, mas foi surpreendido pelo bandido, que percebeu o movimento do PM.

Os dois começaram uma briga corporal na rua, até o momento que o bandido conseguiu livrar uma das mãos e disparou três tiros contra o PM, que o atingiram no tórax e no abdômen.

Após perceberem que o policial estava ferido, os quatro assaltantes fugiram do local e deixaram a moto que foram roubar. “Eu fiquei muito assustado, porque ele atirou para matar”, comentou o comerciante.

Márcio colocou o militar dentro do carro dele e o levou até o quartel do Corpo de Bombeiros do bairro Coronel Antonino. Com ferimentos graves, o policial foi encaminhado para a Santa Casa.

Eloy passou por uma cirurgia para retirar as balas. Segundo Márcio, que ficou no hospital até o início da madrugada, o militar corre risco de morte.

A arma do PM não foi encontrada e a polícia suspeita de que os bandidos tenham levado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 17 de Agosto de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 16 de Agosto de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)