Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/08/2013 11:00

Antes de ser baleado, policial entrou em luta corporal com assaltante

Mariana Lopes e Aliny Mary Dias, Campo Grande News
Mercearia onde ocorreu o crime (Foto: Pedro Peralta)Mercearia onde ocorreu o crime (Foto: Pedro Peralta)

O policial militar Eloy Orosco Figueira, 35 anos, que foi baleado após reagir a um assalto, entrou em luta corporal com o bandido antes de ser atingido pelos tiros. A briga começou quando o assaltante percebeu o movimento do PM para sacar a arma que estava na cintura dele.

O crime ocorreu na noite de ontem, por volta das 19h, na mercearia Roselândia, localizada na rua Goiatuba, no Jardim Morenão, na região do Bairro Pioneiros, em Campo Grande. O comerciante Márcio Santos Araujo, 37 anos, conta que conversava com Eloy dentro do estabelecimento quando o bandido chegou, anunciou o assalto e pediu a chave da moto que estava estacionada em frente ao local.

Segundo o proprietário da mercearia, Eloy entregou a chave da CB 300, sem hesitar. Em seguida, sempre com a arma apontada em direção ao policial e ao comerciante, o assaltante mandou as vítimas ficarem agachadas enquanto ele se dirigia para a porta do estabelecimento, onde estava o outro bandido. Outros dois comparsas aguardavam a dupla na esquina da marcearia.

Conforme o relato de Mário, quando o assaltante chegou à porta e virou de costas para as vítimas, o policial tentou pegar a arma que estava na cintura para reagir ao assalto, mas foi surpreendido pelo bandido, que percebeu o movimento do PM.

Os dois começaram uma briga corporal na rua, até o momento que o bandido conseguiu livrar uma das mãos e disparou três tiros contra o PM, que o atingiram no tórax e no abdômen.

Após perceberem que o policial estava ferido, os quatro assaltantes fugiram do local e deixaram a moto que foram roubar. “Eu fiquei muito assustado, porque ele atirou para matar”, comentou o comerciante.

Márcio colocou o militar dentro do carro dele e o levou até o quartel do Corpo de Bombeiros do bairro Coronel Antonino. Com ferimentos graves, o policial foi encaminhado para a Santa Casa.

Eloy passou por uma cirurgia para retirar as balas. Segundo Márcio, que ficou no hospital até o início da madrugada, o militar corre risco de morte.

A arma do PM não foi encontrada e a polícia suspeita de que os bandidos tenham levado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)