Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/11/2006 19:06

André quer ex-ministro de FHC em sua equipe

Humberto Marques e Paulo Fernandes/Campo Grande News

O projeto de reforma administrativa que André Puccinelli (PMDB) quer implementar em Mato Grosso do Sul é composto por 11 secretarias, mas poderá chegar a 12 caso um ex-ministro convidado pelo futuro governador aceite integrar sua equipe. A declaração foi dada à reportagem do Campo Grande News pelo próprio Puccinelli, ao fim da reunião da equipe de transição, no Parque dos Poderes.

Puccinelli se recusou a adiantar o nome do ex-ministro que recebeu o convite, mas ressaltou que se trata de alguém que integrou o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Para este “secretariável”, está reservada uma pasta específica para cuidar das relações de Mato Grosso do Sul com os demais Estados e com o exterior.

A Secretaria Extraordinária de Representação de Mato Grosso do Sul de Assuntos Nacionais e Internacionais – nome anunciado pelo futuro governador para o órgão – teria dois escritórios: um em Brasília e um em São Paulo/SP. A pasta seria criada sem o desmembramento de nenhuma outra secretaria, conforme destacou o peemedebista.

As demais 11 secretarias que comporão o futuro governo já foram definidas. Puccinelli informou que na próxima terça-feira (28 de novembro) o projeto de reforma administrativa será apresentado aos deputados estaduais na Assembléia Legislativa. Apesar da estrutura de governo estar “fechada”, nem todos os secretários foram confirmados.

Até o momento, os nomes dados como certos dentro do futuro governo são os de Beatriz Dobashi (Saúde), Nilene Badeca (Educação), Tânia Garib (Assistência Social), Edson Giroto (Infra-estrutura), Osmar Jerônimo (Casa Civil) Carlos Alberto Negreiros (a definir), Mário Sérgio Lorenzetto (Planejamento ou Receita). Todos compuseram as administrações de Pucinelli na prefeitura de Campo Grande. Na quinta-feira, o futuro governador havia anunciado que tem duas “novidades espetaculares” para sua administração, que seriam confirmadas apenas no dia 1º de janeiro de 2007 – data de sua posse.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)