Cassilândia, Terça-feira, 26 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

26/04/2007 14:50

André desiste de usar Fundersul para pagar dívida

Fernanda Mathias e Graciliano Rocha - Campo Grande News

O governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), desistiu de usar os R$ 26 ,8 milhões do Fundersul (Fundo para Desenvolvimento Rodoviário de Mato Grosso do Sul) para pagar dívidas com a Petrobras. A cana-de-açúcar pode ser a alternativa que gere receita para o pagamento da dívida.

A informação é do líder do PR e um dos deputados participantes de reunião que ocorreu há pouco na Governadoria, Londres Machado. O uso de parte dos recursos previstos para o Fundersul – que terá R$ 60 milhões ao longo do ano– para pagamento de dívidas gerou polêmica com os deputados. Ao desistir de usar quase metade do Fundersul para pagar dívidas, André acalma ânimos com deputados e com a classe produtiva, importante setor da economia.

Londres disse que as dívidas têm de ser pagas, mas a fonte dos recursos ainda não foi definida. O mais provável, afirma, é que sejam provenientes da cobrança do Fundersul sobre cana-de-açúcar, a ser implantada através de mudança da lei, ou do valor da cobrança sobre os combustíveis.

Participaram da reunião na Governadoria o presidente da Casa, Jerson Domingos (PMDB); o líder do governo, Youssif Domingos, do mesmo partido; Ary Rigo (PDT); Londres Machado (PR) e os deputados tucanos Reinaldo Azambuja e Márcio Fernandes e Zé Teixeira (DEM), os três da bancada ruralista. Após a reunião, os deputados e o secretário de Obras Edson Girotto foram para a Assembléia Legislativa para discutir o plano de aplicação dos recursos do Fundersul.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 26 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
Segunda, 25 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)