Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/10/2006 13:24

André, descansando no Pantanal, revela equipe

Rosana Nunes e Otávio Netto/Gazeta Corumbaense

Cumprindo o que havia prometido durante a campanha, o governador eleito de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), 58, foi comemorar a vitória nas eleições pescando em Corumbá. Ele se hospedou no Ranchinho do Gauchinho, uma pousada rústica, a quarenta minutos seguindo de barco de Corumbá, às margens do Rio Paraguai. Em meio ao lazer, acabou falando sobre política. Disse que na semana que vem vai se reunir com a bancada federal eleita e os senadores e já antecipou nomes que escolheu para o primeiro escalão.

Estão confirmados Osmar Jerônimo (sem pasta definida); Mário Sérgio Lorenzetto (planejamento e finanças) e Maria Nilene Badeca (educação). Outros nomes cotados mas sem espaço definido são os de Tânia Garib, Edson Giroto, Carlos Marun, Beatriz Dobashi e Américo Calheiros. Todos atuaram em suas gestões na Prefeitura de Campo Grande. “Certos são os três que citei. Até dezembro, defino minha equipe”, afirmou. “Secretário não vai ter dia, não vai ter hora, não vai ter sábado, não vai ter descanso, vai ter que trabalhar com competência”, advertiu.

André também contou que a equipe de transição de governo estará a postos no começo de novembro, após o segundo turno da eleição presidencial. “O Zeca disse que está à disposição e eu vou lá, dizer: vim aqui, está à disposição mesmo? ou é conversa fiada"?

Ele falou ainda sobre a anunciada auditoria nas contas do Governo Zeca. “Quando falei em auditoria a turma disse: então você vai caçar as bruxas? Não, auditoria é disposição legal, tem que fazer, se tiver irregularidade, espero que não tenha, vamos apurar. É questão legal, não vou perseguir e nem perder tempo. Vou auditar com competência e se houver ilegalidade vai responder quem tiver culpa. Espero que não tenha nada de errado, torço para que não haja”, afirmou.

O governador eleito já tem uma pauta prevista para a reunião com a bancada. “Vamos nos reunir e ver o que as regiões precisam. Nosso projeto de governo prevê o plano de macro-zoneamento sócio-econômico-ambiental, para que o desenvolvimento aconteça de forma planejada, ordenada, setorizada, regionalizada, municipalizada. O Delcídio não vai se recusar a participar. Se ele se recusar, será mesquinho e não creio que ele tenha esse perfil”, comentou em entrevista concedida ao site Corumbá On Line e ao jornal Gazeta Corumbaense.

Puccinelli falou mais sobre o adversário político nas eleições. Disse não acreditar em oposição radical de Delcídio. “Não acho que ninguém faça oposição radical; raivosa; oposição por oposição é reprovável. Oposição construtiva, se tiver algum erro, - mas não pretendo errar-, aí ele abre a boca e diz que estou errado nisso. Se estiver errado, tenho que reconhecer, sempre fiz isso. A gente nunca pode ser presunçoso e dizer que tudo sabe”. Puccinelli diz ainda que espera o senador engajado com a bancada. “Não duvido que ele queira trabalhar pelo Estado, Corumbá e Ladário”, frisou.

Paixão- Acampar em locais rústicos e pescar com tranqüilidade é um costume antigo, revelou Pucinelli. Ele contou que começou sua incursão na atividade fisgando peixes pequenos nos rios da região de Fátima do Sul. Em rios mais frondosos, como os do Pantanal, André pesca desde a década de 70. “Comecei a pescar nessa região antes mesmo de eu ser deputado estadual pela primeira vez. Conheço bem os cardumes daqui”, brincou.

Questionado se costuma fisgar peixes grandes, afirmou já ter capturado um jaú de 35 quilos. A melhor experiência, disse, foi fisgar um pintado de 25 quilos. “É um peixe brigador”. A exaltada experiência não pôde ser constatada pela reportagem, que enquanto conversou com o governador viu pelo menos cinco iscas serem “roubadas” por peixes. Pucinelli não fisgou nada. “Tem muita piranha nesse local”, justificou.

Puccinelli voltaria hoje para Campo Grande.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)