Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/11/2005 13:13

Anderson Adauto diz que houve caixa 2

Priscilla Mazenotti / ABr

O ex-ministro dos Transportes Anderson Adauto afirmou hoje (9) que houve caixa 2 nas 11 campanhas eleitorais de que participou (nove como candidato e duas como coordenador). "Nunca vi uma campanha se fechar realmente da forma que é declarada no Tribunal Superior Eleitoral".

Adauto disse à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Compra de Votos que não contabilizar todos os recursos utilizados em campanhas eleitorais é prática comum no Brasil. "É cinismo dizer que não é assim", afirmou.

O ex-ministro não confirmou ter recebido R$ 2 milhões por meio de intermediários, acusação feita pelo ex-deputado Valdemar Costa Neto durante acareação na CPI. Adauto afirmou, entretanto, ter recebido dinheiro do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares para saldar dívidas de campanha. "Procurei a pessoa que, no meu entendimento, tinha as condições efetivas de bancar as dívidas de campanha que ficaram para trás", disse. Segundo Anderson Adauto, a origem do dinheiro não foi questionada. "Quem precisa do recurso não entra em detalhes", acrescentou.

O ex-ministro e atual prefeito de Uberaba (MG) está sendo ouvido pelos parlamentares por conta da acusação feita pelo ex-deputado Valdemar Costa Neto. O nome do irmão de Adauto, Edson Pereira de Almeida, também aparece na lista de sacadores de Marcos Valério de Souza.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)