Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

06/10/2006 15:26

Anac se defende de críticas sobre investigação

Agência Brasil

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) afirmou, em nota, que não houve ingerência ou afastamento do órgão nos procedimentos relacionados à queda do vôo 1907 da Gol Linhas Aéreas. “A Agência colaborou desde o início do acidente com o Comando da Aeronáutica e com o Ministério da Defesa, dentro de suas competências legais e continua cumprindo integralmente sua missão institucional”, afirma a nota.

A Anac ainda se defendeu das críticas feitas pelos familiares quanto à atuação da diretora do órgão, Denise Abreu. Segundo os familiares, ela demonstrava despreparo no repasse das informações sobre o acidente. “Em nenhum momento, qualquer funcionário da Anac ou sua diretora se portaram de modo desrespeitoso ou insensível à dor causada pela tragédia”, diz a nota.

Alguns familiares das vítimas criticam a diretora pelo modo como teria se referido aos restos mortais que estavam sendo resgatados no local do acidente. De acordo com o comunicado da Anac, Denise Abreu “procurou dar um mínimo de respostas e apoio aos pleitos desesperados que chegavam”. A Anac “assumiu o difícil papel de comunicar as famílias que, só com um milagre, haveria sobreviventes entre 155 passageiros e tripulantes da aeronave GOL 1907”.

A nota ainda diz que a diretoria da Anac tinha consciência “da revolta e desabafo dos familiares certamente seria dirigida a quem levasse a triste informação”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
Sábado, 19 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)