Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/01/2009 14:34

Ampliação do uso do FTGS no pagamento de imóveis

Lourenço Canuto , ABr

Brasília - O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, disse hoje (14) que está aguardando estudo que a Caixa Econômica Federal está fazendo para que o percentual de 8% depositado mensalmente pelo empregador na conta do trabalhador no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) possa ser usado eventualmente para abater a prestação da casa própria ou o saldo devedor de imóveis financiados.

Essa seria uma das medidas que o governo tomaria em relação à classe trabalhadora para procurar reduzir os efeitos da crise financeira internacional no país.

Hoje, o trabalhador pode usar, total ou parcialmente, os recursos de sua conta do FTGS para comprar imóvel ou abater parte da dívida. No entanto, não está autorizado a empregar o percentual de 8% pago mensalmente ao FTGS pelas empresas para reduzir o valor da prestação da casa própria.

Lupi disse que não sabe de maiores detalhes [sobre o assunto], "além do que os jornais divulgaram" e não tem como "adiantar qualquer medida em relação ao FGTS”. Segundo ele, tudo "dependerá de como a Caixa vai propor.”

Nesta tarde, Lupi viaja para o Chile, onde participará de encontro com ministros do Trabalho de países da América Latina para discutir “como os governos da região vão poder enfrentar a crise do emprego".

Ele informou que os ministros de Trabalho vão ser recebidos pela presidente do Chile, Michelle Bachelet. Representantes da Organização Internacional do Trabalho (OIT) vão participar da reunião.







Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)