Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/05/2013 09:03

Amplavisão, por Manoel Afonso

Manoel Afonso

DESAFINADA Se as lideranças da oposição formassem um coral certamente que levariam uma sonora vaia. Cada qual no seu tom, sem se importar com o conjunto das vozes. Essa convenção recente do PSDB expôs sua fragilidade e divisões.
CONTRASTE Se o PSDB não passa sentimento de indignação à opinião pública, o PT assimila a tese do “rouba mas faz”, atribuída a Ademar de Barros e ao seu aliado Maluf. Num país de valores controversos, os petistas surfam à vontade. Bye...bye!


A CRISE A questão dos portos e todos os problemas envolvendo a Copa do Mundo foram resolvidos pelo Planalto a custo altíssimo. Mas a questão das terras que os índios reivindicam no MS ficou esquecida, empoeirada nas gavetas oficiais.


BOMBA RELÓGIO Dinheiro tem, mas a falta de vontade política gerou esse quadro. Nosso cacife político tem sido insuficiente para ‘sensibilizar’ Dilma. O Estado perderá 25% de seu PIB atual caso as áreas demarcadas sejam entregues aos índios.


A INDIGNAÇÃO de produtores/ lideranças/ políticos não basta? Se não somos fortes, faz sentido a proposta de Jerson Domingos em ampliar o arco de insatisfação com outros Estados que vivem o drama idêntico para pressionar o Planalto.
SOLUÇÃO? Faz sentido os fazendeiros despejados com ‘uma mão na frente e outra atrás?” Como recomeçar a vida na atual conjuntura? Os índios tem capacidade de fazer produzir essas terras ou simplesmente vão arrendá-las para viver no ócio?


PALANQUE Sem solução, o caso vai virar arma eleitoral. O PT será apontado como responsável pela crise. Aí, a responsabilidade e preocupação dos petistas para encontrar a saída urgente devem aumentar. Pelo menos presume-se isso.


LEMBRANDO Pelos acordos com o pessoal da Educação e Segurança, os salários subirão até 2014. O próximo governo herdará uma folha mais gorda que depende da arrecadação. E o agronegócio é a locomotiva da economia. Portanto...


O MESMO: Athayde Nery – ex-apoiador de Bernal - lembra: “o poder não muda a pessoa; apenas revela”. Sem agregar , o prefeito ‘consegue’ tecer uma teia formidável de atritos como revela a imprensa. Talvez Freud explique o caso.


DIFERENTE A dificuldade de montar uma equipe com identidade própria e suas relações com o vice prefeito mostram seu estilo/personalidade. Quem não se desarma não tem amigos, não forma grupo. Quando ele acordar, pode ser tarde.


ACORDOU Bluma (PV) também confessa sua decepção definindo o prefeito como centralizador. Lembra: o cargo exige desprendimento e grandeza de espírito. Quem não vira a página não evolui, fica rançoso, não se aperfeiçoa na labuta da vida.


‘EM CASA’ Grazielle é a herdeira natural de Londres, com projeto de disputar a AL em 2014. Mas há zum-zum: a ex-prefeita Hilda manifestara desejo de continuar na vida pública. Se for verdade, caberá ao hábil Chinês encontrar a saída.


‘EM FAMÍLIA’ Há espaço para Vander e Zeca se elegerem à Câmara? Se depender de esquemas eleitorais, sim! Vander conta com votos graças as emendas. Já Zeca tem cacife eleitoral independentemente de locais/esquemas e alianças.


VANDER O ex-bancário profissionalizou-se. Impensável vê-lo na tribuna defendendo projetos de repercussão nacional. Mas em compensação ronca grosso em ministérios e órgãos na busca de recursos, com o aval da direção do PT, é claro.


REFLEXÃO Os candidatos a deputado prometem “lutar por recursos federais para o desenvolvimento do Estado”- e ponto final. Olhando sob esse prisma, o deputado que trouxer dinheiro/benefícios resgata seu compromisso. O resto é balela.


‘DESPACHANTES’ Essa denominação comparativa ao exercício do mandato parlamentar procede. Hoje vereadores, deputados e senadores apenas cumprem a função de intermediar os pedidos junto ao trono do todo poderoso Executivo.


À BORDO O que mais se ouve no voo de retorno semanal de Brasília é o lamento dos parlamentares pelo cansaço e demora nas repartições públicas. É preciso ter a paciência do ‘office-boy’ na fila do banco ou de um cartório qualquer. É dose.


NO FUNDO Brasília representa para o parlamentar só uma fase de seu projeto político, cujo destino final é o Executivo. Raros são aqueles determinados exclusivamente para o Legislativo. Até Ulysses Guimarães foi picado pela mosca azul e dançou.

ANOTE Só Fábio e Biffi não se apaixonaram pelo Executivo. Se analisarmos os perfis de Azambuja, Giroto, Marçal, Resende, Mandetta e Vander, concluiremos que não tem vocação para o Legislativo e querem ter a poderosa caneta do Executivo.


DELETEM da memória os debates no Congresso sobre direito, ética, ideologia e temas de valor social/moral. Hoje a prioridade parlamentar passa longe disso. Mas a culpa não é exclusiva deles; é do contexto político, cada vez mais complicado. E como.


A PROPÓSITO Quando o ministro J. Moraes disse ‘cobras e lagartixas’ do cenário político acertou na mosca; coincide com as vozes da opinião pública. Aliás, aqui no MS. ninguém ousou contestá-lo. “Não foi comigo”, como se diz em MG.


TURISMO MS vende 80% dos pacotes para a Copa em Cuiabá com entrada por Bonito. A imprensa cuiabana destaca o fato da passagem Campo Grande- Cuiabá estar inclusa no pacotão por apenas R$60,00. Então nosso turismo vai bem!


Mais triste que a derrota é não ter nova chance de tentar. (Bernardinho)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)