Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/11/2006 17:51

Amotinados mantêm dois reféns em cadeia de Rio Brilhante

Humberto Marques/Campo Grande News

Os 30 detentos que participam da rebelião na Cadeia Pública de Rio Brilhante mantêm dois reféns amarrados em colchões. Os amotinados destruíram todo o prédio da unidade prisional – que funciona no mesmo imóvel do 3º Batalhão da Polícia Militar – e exigem a presença da promotora Regina Dort e de um juiz de Direito. Os motivos da rebelião não foram confirmados até o momento.

A rebelião teve início por volta das 13h30, envolvendo todos os presos nas seis celas da Cadeia Pública (instalada na rua Antônio João, jardim Olímpico). Os detentos retornavam do banho de sol, e seriam vigiados por um policial militar e um agente penitenciário.

Para conter o início do motim, o PM teria disparado para o alto com o intuito de assustar os presos, o que não surtiu efeito. Em seguida, teve início a destruição da carceragem. Os detentos atearam fogo em colchões e danificaram vários setores da unidade, e chegaram a subir no telhado do prédio.

Equipes da Polícia Militar e Civil de Rio Brilhante e Nova Alvorada do Sul estão no local, sendo aguardada também a chegada de reforço vindo de Dourados. A PM já cercou o prédio, para impedir a fuga de amotinados. Os presos feitos reféns foram identificados como autores de estupros, mas não tiveram seus nomes divulgados. Até o momento, não há feridos.

A Cadeia Pública de Rio Brilhante é subordinada ao comando de Maracaju, de onde partiu um grupo para auxiliar nas negociações. Na terça-feira (31 de outubro), uma rebelião na carceragem maracajuense resultou na transferência de presos para Rio Brilhante, o que é apontado como um dos motivos que levaram ao motim desta tarde. (Colaboraram Guima Jr., da Rádio Difusora de Rio Brilhante, e Olimar Gamarra, da Kativa FM).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)