Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/11/2014 11:17

Amigos lamentam morte de professor e escola fecha por luto no Centro

Campo Grande News

“Uma pessoa alegre, uma pessoa feliz”. Com essa frase Amélia Garrido, 54 anos, definiu o professor de língua portuguesa, Francisco Borges dos Santos, 39 anos, assassinado em Campo Grande. O corpo foi encontrado em meio a um matagal às margens da rodovia BR-163, na saída para Cuiabá, na tarde de ontem (17).

Amélia trabalha há 27 anos na Escola Estadual Joaquim Murtinho e convivia diariamente com o professor, que lecionava há 10 anos na escola. Hoje, diante da notícia trágica, ao invés de recepcionar os alunos com um bom dia, como faz todo os dias, foi incumbida de informar que nesta terça-feira não haverá aula devido a morte de Francisco, carinhosamente conhecido como Chico.

Um cartaz também foi pregado na entrada principal da unidade de ensino informando sobre o cancelamentos das aulas em virtude da morte de Chico.

“Ele já chegava aqui com um sorriso no rosto. Sempre foi uma pessoa muito querida. Ontem chorei ao saber o que havia acontecido”, completou Amélia com lágrimas nos olhos.

A estudante Michele Corrêa, 15 anos, lembra com carinho do professor. Para ela, o mestre sempre se dedicou para que todos os alunos pudessem aprender as lições dadas em sala de aula. “Ele não só passava a matéria, se dedicava para que todos aprendessem”, recordou a jovem.

Vinícius Campos, 18 anos, afirma que o professor era muito exigente e tirava ao máximo dos alunos. “Passava vários trabalhos, cobrava bastante da gente. Vai fazer muita falta”, lamentou o rapaz.

Benedita de Oliveira Gomes, 63 anos, disse que a marca registrada de Chico era o sorriso. “Sempre estava sorrindo, cumprimentava todos aqui, falava com todo mundo”.

Desde o desaparecimento, no dia 9 deste mês, alunos, funcionários e professores se mobilizaram à procura do professor. No último domingo, o Campo Grande News já havia divulgado que Francisco havia sido morto e que a polícia estava a procura o corpo dele, encontrado ontem em estado de decomposição.

Dois homens foram presos suspeitos de envolvimento no assassinato. Às 15 horas, o delegado Edilson dos Santos Silva, titular da DEH (Delegacia de Homicídios), responsável pelo caso, fará uma coletiva para apresentar os suspeitos e detalhes da investigação.

Conforme apurado pela DEH, os suspeitos mataram a vítima com intuito de roubar o carro dele, um Gol branco modelo 2015. O veículo foi localizado no estacionamento de um supermercado.

O corpo do professor ainda não foi liberado pelo IMOL (Instituto Médico Odontológico Legal).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)