Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/05/2006 06:11

Ambulâncias: CGU investiga 60 municípios

Patricia Landim/ABr

A Controladoria Geral da União (CGU) divulgou hoje (16) um levantamento que aponta irregularidades na compra de ambulâncias em 60 municípios brasileiros. Foram constatadas aquisições de unidades móveis da saúde com direcionamento de licitações, falhas nos processos e na entrega das ambulâncias, além de superfaturamento nos valores de compra.

Segundo o ministro interino da CGU, Jorge Hage, isso não significa que as mesmas empresas fraudulentas estejam presentes em todos os municípios apontados no relatório. Ele explicou que em 2003 foram identificados os primeiros problemas na compra de ambulâncias no estado de Rondônia: "Quando vimos a repetição dos problemas em vários municípios, encaminhamos à Polícia Federal em 2004 e pedimos a abertura do inquérito, que se desenvolveu ao longo do ano passado em âmbito nacional, na Operação Sanguessuga".

O levantamento dos relatórios de todos os estados, referente à compra de ambulâncias, também foi enviado à Polícia Federal, para complementar a Operação Sanguessuga, informou Hage. "A gente encontra no mesmo município, por exemplo, uma ambulância sendo comprada com recursos de uma emenda parlamentar, por R$ 40 mil, e outra comprada com recursos de outro parlamentar, por R$ 80 mil".

A Controladoria enviou à Polícia Federal, ainda, 301 processos de prestação de contas de convênios para compras de ambulâncias em 17 estados. Foi constatada, segundo Hage, a presença do mesmo grupo de empresas em cerca de 90% dos casos. "No final, pode-se considerar que já existem cerca de duas centenas de municípios que caíram nessa malha fina", afirmou, acrescentando que as fiscalizações vão continuar a ser feitas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)