Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/01/2007 19:42

AMB repudia violência e seqüestro de juiz em MG

AMB

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) vem a público manifestar seu repúdio aos recentes episódios ocorridos em Minas Gerais, onde 13 pessoas –dentre as quais dois delegados, policiais militares e um juiz – foram feitas reféns por assaltantes de banco. Trata-se de mais uma demonstração da grande ousadia e aumento do crime organizado no País, o que exige uma resposta rápida do Poder Público.

A violência está cada vez mais presente na vida dos brasileiros, o que torna o tema de máxima relevância. Em algumas cidades do País os índices de homicídios já superam o de regiões em guerra. Necessitamos de um trabalho sério e urgente por parte do aparato estatal, com uma profunda reflexão sobre as causas da criminalidade e sobre a forma de combatê-las, o que inclui o aumento dos investimentos na segurança pública.

É imperativo que após tantos discursos, estudos e planos tenhamos ações mais eficazes, que revertam o quadro de violência.

O seqüestro do juiz Walney Alves Diniz e demais reféns – felizmente já libertados – não é apenas alarmante, mas inconcebível, porque afronta as polícias e a justiça, que passam da condição de garantidores da segurança pública à de vítimas, agravando a sensação de medo e preocupação. É fundamental a real mobilização dos governantes e da sociedade na busca de soluções para tão grave questão nacional.

Juiz Doorgal Gustavo Borges de Andrada

Presidente em exercício da AMB

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)