Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/09/2014 16:17

Amapá registra 129 casos suspeitos de chikungunya, mas governo nega surto

Paula Laboissière - Repórter da Agência Brasil

 

A Coordenadoria de Vigilância em Saúde do Amapá informou que o município de Oiapoque já registra 129 casos suspeitos de febre chikungunya. Além disso, 27 casos estão sendo analisados e processados no sistema de dados do órgão.

Entretanto, o governo do estado negou a existência de surto da doença na região. Reforçou que, até o momento, apenas quatro casos foram confirmados, dois importados e dois originários de contaminação no próprio município.

O secretário de Saúde de Oiapoque, Oscar Moraes, solicitou à prefeitura a decretação de estado de emergência na cidade. Seis técnicos do Instituto Evandro Chagas, no Pará, devem chegar à cidade na próxima segunda-feira (29). Eles tentarão agilizar a entrega de resultados das amostras colhidas no município.

Ainda segundo o governo do Amapá, técnicos de vigilância em saúde ajudam os agentes municipais de endemia no combate ao mosquito transmissor do chikungunya. Eles fazem constantes visitas domiciliares, em busca ativa de criadouros.

Assim como a dengue, a febre chikungunya é transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictos. Conforme os técnicos, ela só tem um sorotipo, ou seja, cada pessoa só pega a doença uma vez. Os sintomas, que podem durar de três a dez dias, são os mesmos da dengue: dor de cabeça, febre, dores musculares e nas articulações.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)