Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/09/2004 08:13

Alzheimer: tome conhecimento enquanto você pode

Ana Paula Lieb

Você já ouviu falar em Doença de Alzheimer? Pouca gente conhece, mas ela está cada vez mais perto. É uma doença causada pelo envelhecimento e que atrapalha o funcionamento do cérebro. E como estamos vivendo cada vez mais, mais chances temos de ter a doença ou de precisar cuidar de alguém próximo.

A doença de Alzheimer já atinge um milhão de brasileiros e é a causa mais comum da perda das funções intelectuais do idoso. A maior ocorrência da doença acontece com pessoas acima de 60 anos e vai dobrando a cada cinco anos. Aos 85 anos de idade, uma pessoa já tem quase 50% de chance de ter Alzheimer.
O desconhecimento das causas e sintomas desta doença faz com que surjam muitas dúvidas e enganos por parte dos familiares, que acabam atribuindo a significativa perda de memória aos sintomas típicos da velhice.
Conhecer os sintomas é importantíssimo, porque não existe exame de laboratório que mostre a doença. Esta semana, vamos falar dos sintomas que dão uma pista sobre o problema.
Doença de Alzheimer e os Sinais que Precisamos Conhecer

O sintoma mais comum da Doença de Alzheimer é a perda da memória, especialmente a memória recente. Exemplo: esquecer que já almoçou, esquecer o próprio número do telefone, esquecer de dar recados. Mas é o conjunto de esquecimentos que indica a doença e não a falha de memória que todo mundo tem, em qualquer idade.
Outro sintoma da doença de Alzheimer pode ser a dificuldade em executar tarefas rotineiras como acender ou apagar o fogo do fogão, por exemplo. Escolher as peças de roupa sem a menor combinação e até mesmo colocar uma cueca ou calcinha por cima da calça, uma meia num pé e no outro não, um sapato num pé e chinelo no outro, enfim. Quando essas atividades são esquecidas podem oferecer risco às pessoas.
Numa conversa com um amigo pode acontecer da pessoa ter dificuldade em encontrar a melhor palavra para expressar uma idéia. Mas quando a pessoa freqüentemente esquece palavras simples ou substitui por palavras estranhas tornando a conversa difícil de entender, pode ser um sintoma da doença de Alzheimer.
Desorientação de Tempo e Espaço é um outro sinal. Algumas vezes nós esquecemos o dia da semana ou onde estamos indo, mas uma pessoa com Alzheimer se perde em locais conhecidos, como a rua em que vive, esquece quem ela é, como chegou lá e como voltar para casa. Uma pessoa com Alzheimer pode confundir dia e noite.
Uma pessoa com Alzheimer pode perder a vergonha que temos com as coisas íntimas e ter comportamentos estranhos diante de outras pessoas. A pessoa não consegue mais julgar um comportamento certo de um errado. Fala palavrões, libera todos os sentimentos, quando vê uma cena de sexo na tv, por exemplo, faz comentários maliciosos e inadequados.
Os problemas com atenção também são comuns entre os portadores da doença. A pessoa com Alzheimer pode achar difícil acompanhar uma conversa, lidar com dinheiro, cuidar da conta do banco. Uma dona de casa que cozinha muito bem, não consegue mais fazer um bolo e nem preparar uma refeição. Coloca o açúcar no arroz e o sal no café.
Colocar objetos em lugares errados, como por exemplo, guardar o relógio no açucareiro ou um ferro elétrico na geladeira é um forte sinal de que a doença de Alzheimer está se manifestando.
Mudança de humor ou comportamento é um outro importante sintoma. É comum comportamento de calma seguido de choro ou sinais de raiva sem nenhuma razão aparente.
Uma pessoa que está com a doença de Alzheimer costuma ter sua personalidade alterada, demonstra medo, fica desconfiada, irritada, deprimida, apática, ansiosa ou agitada, especialmente em situações em que problemas de memória causem dificuldades.
A falta de estímulo e a perda de iniciativa, quando presentes, devem ser avaliadas criteriosamente. Uma pessoa que sempre se envolveu em atividades de lazer, atividades profissionais e, de repente, perde o interesse pode estar apresentando um sintoma relativamente comum das fases iniciais da Doença de Alzheimer.
Se você conhece alguém que apresenta algum desses sintomas, saiba que eles não fazem parte do processo normal de envelhecimento e que a pessoa pode estar apresentando os primeiros sinais da Doença de Alzheimer. Por isso, é importante levar essa pessoa a um médico ou serviço de saúde para uma consulta cuidadosa. E, se for o caso, saber sobre o tratamento. Se quiser ter mais informações, procure a ABRAz - Associação Brasileira de Alzheimer que oferece suporte aos familiares e portadores da Doença. O telefone da ABRAz é 0800-55-1906 e o site: www.abraz.org.br

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)