Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/01/2015 08:00

Alunos de medicina da UEMS terão aula em duas universidades privadas

João Pamplona

As instalações da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) em Campo Grande devem começar a funcionar efetivamente somente no segundo semestre do ano, segundo informações divulgadas pela assessoria de imprensa da unidade nesta quarta-feira (28). Até lá, os recém aprovados para medicina, graduação que teve uma das maiores notas de corte do estado, terão que frequentar as aulas em duas universidades particulares que terão convênio com o governo.

Uma delas é a Uniderp-Anhanguera, que inicialmente deveria ser a única a atender os acadêmicos. Porém, devido a problemas que a assessoria não quis informar, outras instituições começaram a ser contatadas para que toda a infraestrutura necessária, em termos de laboratórios, possa ser oferecida aos estudantes.

Com relação aos 860 alunos de graduação e pós-graduação que já faziam faculdade pela UEMS na capital sul-mato-grossense, a situação continuará sendo a mesma. As aulas serão ministradas nas escolas estaduais Hércules Maymone e Irmã Bartira. Esta última passou por reformas e também receberá os estudantes do recém-criado curso de geografia.

Para medicina foram oferecidas 48 vagas. A graduação, que até o penúltimo dia de inscrições no Sisu era o mais difícil de entrar por conta da alta pontuação mínima exigida, chegou a constar na lista das dez maiores notas de corte do país.

O prédio da instituição em Campo Grande custará, ao todo, R$ 45 milhões. A obra contará com 18,5 mil metros quadrados de área construída, abrangendo cinco blocos de salas de aula, laboratórios, biblioteca e um anfiteatro próprio. Estimativas apontam que, depois de pronta, a Unidade poderá atender cerca de 1.800 alunos.

Fonte: Campo Grande News

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)