Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

29/08/2012 09:57

Aluna da rede estadual representará o Brasil no Parlamento Juvenil do Mercosul

Brasiluza Neves , noticias ms

Campo Grande (MS) - A aluna Letícia Catellan Silva, estudante do 2º ano do ensino médio da Escola Estadual Amélio de Carvalho Baís, do Conjunto Coophatrabalho, da Capital, representará Mato Grosso do Sul e o Brasil como deputada estudante no Parlamento Juvenil do Mercosul. O evento acontece em Medelin, na Colômbia, nos dias 28 e 29 de agosto. “A participação política do jovem envolve a possibilidade de influenciar de forma efetiva as políticas locais, regionais, nacionais e internacionais”, destaca Letícia.

Durante um encontro em Brasília, os participantes tiveram a oportunidade de debater com reprentantes do Ministério da Educação (MEC) e do Unicef sobre a problemática que esses jovens enxergam sobre o ensino médio. Para isso participam de diversos grupos com objetivo de compilar propostas para inovação do ensino médio nos países participantes do Mercosul: Jovens e Trabalho, Direitos Humanos, Participação Cidadã, Gênero, Integração Latino-americana e Inclusão Educativa.

O projeto do Parlamento Juvenil do Mercosul foi criado em 2010 pelo setor educacional do Mercosul. Tem o apoio do Ministério da Educação (MEC) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). O objetivo é de contribuir para a integração regional, despertando e executando políticas educativas que promovam uma cidadania regional, uma cultura de paz e o respeito pela democracia, pelos direitos humanos e pelo meio ambiente.

Além do Brasil, estudantes da Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Colômbia participam do Parlamento Juvenil do Mercosul. Nas edições futuras do parlamento, está prevista a participação também de Chile e Venezuela. A composição do parlamento juvenil é renovada a cada dois anos. No total, mais de 19,6 mil escolas e 3,2 milhões de estudantes estiveram envolvidos no projeto ao longo da última edição de 2010 a 2012.

Jéssica Honório com informações da SED




Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)