Cassilândia, Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

29/08/2012 09:57

Aluna da rede estadual representará o Brasil no Parlamento Juvenil do Mercosul

Brasiluza Neves , noticias ms

Campo Grande (MS) - A aluna Letícia Catellan Silva, estudante do 2º ano do ensino médio da Escola Estadual Amélio de Carvalho Baís, do Conjunto Coophatrabalho, da Capital, representará Mato Grosso do Sul e o Brasil como deputada estudante no Parlamento Juvenil do Mercosul. O evento acontece em Medelin, na Colômbia, nos dias 28 e 29 de agosto. “A participação política do jovem envolve a possibilidade de influenciar de forma efetiva as políticas locais, regionais, nacionais e internacionais”, destaca Letícia.

Durante um encontro em Brasília, os participantes tiveram a oportunidade de debater com reprentantes do Ministério da Educação (MEC) e do Unicef sobre a problemática que esses jovens enxergam sobre o ensino médio. Para isso participam de diversos grupos com objetivo de compilar propostas para inovação do ensino médio nos países participantes do Mercosul: Jovens e Trabalho, Direitos Humanos, Participação Cidadã, Gênero, Integração Latino-americana e Inclusão Educativa.

O projeto do Parlamento Juvenil do Mercosul foi criado em 2010 pelo setor educacional do Mercosul. Tem o apoio do Ministério da Educação (MEC) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). O objetivo é de contribuir para a integração regional, despertando e executando políticas educativas que promovam uma cidadania regional, uma cultura de paz e o respeito pela democracia, pelos direitos humanos e pelo meio ambiente.

Além do Brasil, estudantes da Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Colômbia participam do Parlamento Juvenil do Mercosul. Nas edições futuras do parlamento, está prevista a participação também de Chile e Venezuela. A composição do parlamento juvenil é renovada a cada dois anos. No total, mais de 19,6 mil escolas e 3,2 milhões de estudantes estiveram envolvidos no projeto ao longo da última edição de 2010 a 2012.

Jéssica Honório com informações da SED




Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 23 de Fevereiro de 2017
Quarta, 22 de Fevereiro de 2017
13:30
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Terça, 21 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)