Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

27/09/2008 10:00

Alteração de trabalhos acadêmicos poderá ser crime

Agência Câmaraq

O Projeto de Lei 3934/08, do deputado Vital do Rêgo Filho (PMDB-PB), define como crime a modificação do conteúdo de trabalhos acadêmicos de terceiros com fins lucrativos ou não. A proposta altera o Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40), que hoje pune quem plagia ou viola o direito de autor, mas é omisso quanto a quem modifica trabalhos alheios.

Para quem cometer o crime, o texto prevê pena de reclusão, de um a três anos, e multa. Se for praticado com finalidade comercial ou lucrativa, a pena será acrescida de 1/3.

No caso de o infrator não ter antecedentes criminais e o trabalho não ser requisito para a conclusão do curso, o juiz poderá substituir a pena de reclusão pela de detenção, diminuí-la de 1/3 a 2/3 ou aplicar somente a multa. O ato de revisar ou corrigir ortograficamente o trabalho não constitui crime.

Empresas especializadas
Vital do Rêgo Filho observa que o número de anúncios e ofertas de produção desses trabalhos tem aumentado a cada dia. Ele destaca, inclusive, a existência de empresas especializadas na produção de monografias, dissertações e teses acadêmicas.

O deputado ressalta a importância da realização dos trabalhos inéditos de conclusão de curso, que ele considera essenciais para o desenvolvimento da vida profissional e acadêmica do aluno. "Além disso, as conclusões obtidas podem trazer contribuições importantes para a sociedade", argumenta.

Tramitação
A proposta será analisada pelas comissões de Educação e Cultura; e de Constituição e Justiça e de Cidadania; e ainda pelo Plenário.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Sexta, 25 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)