Cassilândia, Domingo, 23 de Abril de 2017

Últimas Notícias

08/08/2012 14:07

Alta no preço dos tomates respondeu por 25% da inflação oficial em julho

Vitor Abdala, Agência Brasil

Rio de Janeiro – A alta de 50% no preço dos tomates respondeu por um quarto da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em julho (0,43%). “O tomate é um produto muito sensível, afetado pelas chuvas, pelo calor. Com as chuvas nas principais regiões produtoras, houve redução da oferta e da qualidade do fruto e isso elevou o preço a ponto de haver um aumento de 50%”, disse a coordenadora de Índices de Preços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Eulina dos Santos.

As chuvas afetaram também produtos como a cenoura, que teve inflação de 17,81% em julho. Na média, os alimentos subiram 0,91% no mês passado, respondendo por metade da inflação oficial no período. Segundo o IBGE, a alta nos preços foi provocada não só por questões climáticas, mas também pela redução da área plantada de lavouras como o feijão e pelo aumento do preço internacional de produtos como a soja.

Alguns alimentos, no entanto, tiveram queda nos preços, como as carnes, que tiveram taxa de –1,13%, devido ao aumento do número de animais abatidos no país naquele mês.

Os alimentos acumulam alta de 4,19% no ano e de 8,67% no mês. Com a alta no preço dos alimentos e de despesas pessoais em julho, o IPCA acumulado em 12 meses subiu pela primeira vez depois de nove quedas consecutivas e chegou a 5,2%.

Edição: Juliana Andrade

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 23 de Abril de 2017
09:00
Maternidade
Sábado, 22 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Sexta, 21 de Abril de 2017
11:00
Mundo Fitness
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)