Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

07/07/2008 13:05

Alta de até 150% nas terras trava negociação de imóveis

Fernanda Mathias/Campo Grande News

O mercado de imóveis rurais de Mato Grosso do Sul vive um momento de paradoxo. Ao passo em que as terras nunca foram tão procuradas, os negócios estão travados porque a forte valorização faz com que os interessados, em geral grupos estrangeiros, repensem os investimentos.

Hoje o hectare de soja em uma região como de Maracaju chega a custar R$ 15 mil, quando há um ano estava na casa dos R$ 6 mil, um aumento de 150%. A informação é do corretor de imóveis e engenheiro agrônomo Eugênio Peron, que é referência no mercado, em que atua há 15 anos e afirma que nunca viveu um momento como este. Enquanto a equipe do Campo Grande News esteve no escritório dele o telefone praticamente não parou de tocar.

A valorização das terras é resultado de um conjunto de fatores, mas em resumo reflete o que aconteceu com o que elas produzem. No caso da soja, a saca de 60 quilos era vendida a um ano a R$ 25,00 e dobrou de valor. A relação de preço em uma região como a de Maracaju e Dourados é de que cada hectare valha 300 sacas. Terras para soja que estão com pastagem valem 200 sacas o hectare.

A pecuária também assistiu à decolagem do preço da arroba bovina, puxando o valor das terras. Neste caso, são duas situações. Áreas de cria, como por exemplo, na região de Ribas do Rio Pardo, são cotadas entre R$ 2,5 mil a R$ 3 mil o hectare e as de cria, na região de Miranda, Aquidauana, Bonito e Bodoquena, entre R$ 3,5 mil e R$ 5 mil.

Alimentos – A procura acelerada por terras no Centro-Oeste, decorre de um conjunto de fatores. Além do aumento do preço do boi e da soja, a aceleração da produção industrial, a preocupação mundial com alimentos e as boas condições climáticas e de solo fizeram do Brasil um celeiro e as regiões que ainda dispõe de terras ficaram visadas.

Hoje já é difícil encontrar grandes áreas nos padrões procurados por investidores, por isso uma alternativa, segundo Perón, é agrupar fazendas próximas e que atendam às necessidades do projeto do grupo. “Nenhum investidor chega falando em menos que 50 mil hectares”, diz.

Estes investidores estrangeiros são integrantes de grupos e fundos americanos, australianos, gregos, asiáticos e europeus, com grandes projetos voltados ao setor agropecuário.

Se por um lado a perspectiva de negócios milionários são animadoras, de outro trata-se de um trabalho de fôlego. Eugênio Perón exemplifica que há vários casos de investidores com os quais negocia, alguns há mais de ano, sem contudo que o negócio seja fechado. O resultado disso é o empenho de muito tempo de trabalho e também dinheiro para custear viagens.

Isso porque o processo é demorado, envolve reunião de acionistas, estudo de viabilidade e rentabilidade e taxa de retorno. Muitas vezes a troca de diretores dos fundos e acionistas faz com que negociações de meses voltem à estaca zero. "Os negócios menores, que são mais rápidos, são o que sustenta a atividade", explica o corretor de imóveis.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)