Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/06/2009 10:40

Alexadre Prado: O que Michael Jackson deixa?

Alexandre Prado*

Dia 25 de junho de 2009. Esta é a data que entrará para a história. Neste dia, morreu Michael Jackson. Muitos, me incluo, ainda estão se perguntando se é verdade que o rei do pop, como era conhecido, está mesmo morto. É um tipo de notícia que causa dúvida quando se ouve pela primeira vez, talvez porque não queremos mesmo que seja real. Parecemos programados a duvidar de certas verdades, ao menos até o momento de encará-las. E ela é triste.
Michael Jackson era um artista único. Nascido no interior dos Estados Unidos, fez sucesso precocemente com a banda The Jackson 5 que formava com outros quatro irmãos. Desde cedo, Michael se destacava por seu carisma e voz. Como principal vocalista, cantava, dançava, fazia o contato com a platéia e emprestava seu enorme talento a um grupo de músicos medianos. Em 1972, lançou seu primeiro disco solo, Got To Be There. Mas foi na década de 1980 que o artista alcançou o topo da música: o disco de 1984 Thriller, que trazia sucessos como Beat It e Billy Jean. A partir deste momento, a história da música pop começou a ser reescrita.
Um artista da envergadura de Jackson precisa se reinventar a todo o momento. No início da década de 1980 a música deixou de ser ouvida. A criação da MTV fez com que o som passasse a ser visto, com a era dos videoclipes inaugurada. Bandas como Duran Duran gravavam clipes sensuais, em lugares exóticos e foram o primeiro grupo a se beneficiar das câmeras. Michael Jackson ingressou na era dos videoclipes de maneira arrasadora, gravando o espetacular clipe de Thriller. Os zumbis, os artistas, as coreografias, a produção, enfim tudo espantou o mundo. Jamais na história dos clipes haverá algo como Thriller.
Mas o que faz de Michael Jackson o artista que ele é (foi)? Respondo rápido: sua música. Em momento algum de sua carreira faltou a ele vontade de fazer melhor. Afora sua vida pessoal, que não me interessa, foi um artista único, um divisor de águas, criando um estilo de ser e de dançar em todos os lugares do planeta. Embalou a juventude oitentista com músicas e coreografias inesquecíveis, fez shows apoteóticos, arrastou multidões por onde passou e, acima de tudo: foi e será eternamente um músico.
Michael Jackson foi um ser humano, de carne e osso. A áurea mítica criada em cima do artista fez dele prisioneiro de seu próprio sucesso, provocando esteriótipos diversos sobre alguém que simplesmente queria fazer música. Ele se vai, e o que fica são seus trabalhos, os momentos nos palcos, nos estúdios e nos sets de gravação. Ficam para a eternidade as coreografias repetidas até hoje, a enorme influência de Michael sobre músicos de diversas gerações, a qualidade que ele fazia questão de imprimir em seus trabalhos, a criatividade de alguém que ousou ousar numa época dos anos de 1980 onde se dava mais atenção à aparência do que a musica. Michael uniu os dois, qualidade e aparência e mostrou ao mundo uma outra face da esfera musical: o espetáculo de imagens em perfeita sintonia com sua música.
Jamais na história haverá outro artista como Michael Jackson. Sua unicidade sempre será relacionada aos espetáculos que proporcionou e à reinvenção musical que influenciou toda uma geração. Mas ficará, acima de tudo, a lembrança de uma pessoa comum que gostava de cantar e criar músicas, apenas isso.


Alexandre Prado*, professor e baterista de banda de rock

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)