Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/06/2016 09:00

Alergia alimentar em crianças pequenas

BabyCenter Brasil

A alergia alimentar é uma reação do organismo a alguma coisa que a criança ingeriu. Existem dois tipos de alergia:

Reações mais graves e rápidas (mediadas por IgE): acontecem imediatamente depois de ingerir o alimento ou num intervalo de até duas horas.
Reações menos graves ou tardias (não mediadas por IgE): podem ocorrer algumas horas ou até duas semanas depois da ingestão do alimento; são mais difíceis de diagnosticar.

Leite de vaca, ovo, soja, trigo, amendoim e castanhas como avelãs, nozes e amêndoas são alguns dos agentes mais comuns de alergia alimentar em bebês e crianças pequenas. Corantes artificiais também podem provocar alergia.

A alergia à proteína do leite de vaca é a mais comum em bebês, e é conhecida pela sigla APLV.

O que provoca a alergia são as proteínas presentes no leite de vaca -- as caseínas, as beta-lactoglobulinas e as alfa-lactoalbuminas são as mais frequentes responsáveis pelas reações.
Quais são os sintomas da alergia alimentar em criança pequena?
No caso das reações rápidas, os sintomas costumam ser mais claros:

urticária e vermelhidão, principalmente em torno da boca, dos olhos e do nariz, e que pode se espalhar pelo corpo
lábios, olhos e rosto inchados
nariz escorrendo ou entupido, espirros, olhos lacrimejando
coceira na boca e irritação na garganta
náusea, vômito e diarreia

Quando a reação é mais grave, a criança pode apresentar chiado no peito, inchaço na língua e na garganta, palidez e queda súbita na pressão arterial.

Esse conjunto de reações se chama choque anafilático, e é uma emergência, pois coloca a vida da criança em risco. Dirija-se imediamente a um hospital.

Em crianças sabidamente alérgicas o médico pode receitar uma injeção de adrenalina que esteja sempre à mão em caso de choque anafilático. Ou pode orientar a administração de corticoides.

Mesmo se você não tiver certeza de que se trata de choque anafilático, dê a injeção receitada pelo médico, não tente provocar o vômito e leve seu filho ao pronto-socorro sem perda de tempo.

Felizmente, esse tipo de reação grave é mais raro.
E quando a reação à alergia alimentar é tardia, quais são os sintomas?
Os sintomas mais comuns de uma alergia tardia são:

refluxo gastroesofágico
cólica
diarreia
prisão de ventre
presença de sangue ou muco no cocô
dermatite atópica, principalmente nos bebês alérgicos à proteína do leite de vaca. Quanto mais cedo a dermatite aparece, maior a probabilidade de haver alergia alimentar.

O problema é que as ocorrências acima são bem presentes em bebês e, como a alergia é não-mediada, o resultado dos exames será normal. A alergia alimentar é apenas uma das possíveis explicações para esses sintomas, por isso é necessário um trabalho quase de detetive por parte do médico para descartar outras causas e fazer o diagnóstico.
Como se diagnostica a alergia alimentar em criança pequena?
O médico diagnostica a alergia com base principalmente na história clínica, ou seja, nos sintomas apresentados, e também em eventuais testes de exclusão (eliminar o alimento para observar se há melhora).

Os exames laboratoriais são complementares e nem sempre são suficientes para fechar o diagnóstico.

O diagnóstico pode ser feito pelo pediatra, por um gastropediatra ou por um especialista em alergia.

Entre os exames possíveis está medição de IgE no sangue, que são as imunoglobulinas (anticorpos) específicas. Elas aparecem aumentadas nos casos de alergia mediada por IgE.

Há também um exame em que pequenas quantidades de substâncias suspeitas são colocadas na pele da criança para observar reações. Mas, dependendo da idade e do tipo de alergia (como a não mediada por IgE), os exames podem não ser conclusivos.

Outro exame útil pode ser o de sangue oculto nas fezes.

Na maioria dos casos, a alergia fica evidente pelos sinais clínicos e o médico faz o diagnóstico e inicia o tratamento mesmo sem pedir todos os exames.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)