Cassilândia, Segunda-feira, 27 de Março de 2017

Últimas Notícias

22/07/2004 08:31

Alencar cobra redução das taxas de juros em congresso

Lúcia Nórcio/ABr

O vice-presidente da República, José Alencar, disse hoje que as pessoas precisam ter a coragem de reclamar e cobrou redução das taxas de juros, ao participar do 14º Congresso Brasileiro da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), que reúne nesta capital, até sexta-feira cerca de 1500 empresários de todo o país.

Para Alencar, o grande problema do Brasil continua sendo a concentração de recursos em aplicações financeiras, retidas nos bancos em detrimento de investimentos no setor produtivo:
“Somos 140 milhões e precisamos ter a coragem de não concordar com esta situação”.

Segundo o vice-presidente, a nação convive com problemas sérios como a fome e a falta de investimentos em infra-estrutura, agravados porque não há dinheiro disponível. “Temos superávit, mas esta sobra não é suficiente. Muita coisa precisa ainda ser feita”, afirmou.

Participam ainda do encontro, que tem como tema ‘Associativismo e pequena empresa: enfrentando desafios e compartilhando vitórias”, os ministros do Trabalho e Emprego, Ricardo Berzoine e o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, que fará a palestra de encerramento na sexta-feira às 12h30. além do governador do Paraná, Roberto Requião

Ex-presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil, que organiza o evento, José Alencar comentou pesquisa que indica o desempenho das taxas básicas de juros em 30 países, incluindo economias desenvolvidas e emergentes, como a do Brasil. O indicador mostra que o País se mantém na dianteira com a taxa Selic alcançando a média de 9,5%, enquanto a média geral nas demais nações gira em torno de 0,4% , nos países desenvolvidos 0,1% e no bloco de emergentes a média fica em 1%.

“A nossa taxa média é quase 10 vezes o que representa a dos 30 países e 5 vezes a mais do que seria viável para crescermos”, reclamou o vice-presidente da República.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Março de 2017
Domingo, 26 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 25 de Março de 2017
21:10
Cassilândia
15:01
Curiosidade
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)