Cassilândia, Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

14/09/2015 18:04

Alegando ter feito 'pacto com o diabo', jovem morreu após ingerir veneno

Renata Volpe Haddad, Campo Grande News

Daniel Pedro da Silva, 23, morreu após ter ingerido veneno na última sexta-feira (11) em Sonora, distante 364 km de Campo Grande. As informações são da Polícia Civil de Sonora que investiga o caso.

Conforme os policiais, a família alegou que o jovem estava depressivo e andava muito agitado. Daniel ingeriu o veneno por volta de 15h do dia 11 de setembro. O nome do veneno deve ser divulgado amanhã (15), após análise.

O exame necroscópico já foi feito e deve sair em 15 dias. Os policiais do município estão averiguando para descobrir mais informações sobre a morte.

Caso - Daniel Pedro da Silva, 23 anos, morreu, por volta das 19 horas, de sexta-feira (11), no Hospital Municipalde Sonora, a 364 quilômetros da Capital, após passar mal. Agitado e agressivo, o rapaz disse por várias vezes que teria feito um “pacto com o diabo” e estava predestinado a morrer naquele dia.

Segundo o registro policial, a Polícia Militar foi acionada pela família de Daniel, porque ele havia acordado muito agitado, e estava agressivo. Com a chegada da PM, o jovem pulou o muro da residência e fugiu, sendo localizado horas depois em um terreno baldio.

Conforme o registro, o jovem aparentava estar fora de si, e em conversa com os policiais, ele dizia que havia feito um pacto com o diabo, e que morreria naquele dia. À tarde, o rapaz teve uma nova crise e ficou novamente agitado, suando frio e precisou ser encaminhado para o hospital municipal.

Após ser medicado, Daniel foi liberado e retornou pra sua casa. Pouco tempo depois, ele novamente passou mal, vindo a defecar sangue e imediatamente a família retornou com ele ao hospital, onde veio a óbito.

De acordo com a família, a vítima não era usuário de drogas. O corpo foi encaminhado para o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) de Coxim para apurar as causas da morte. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil como morte a esclarecer.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 20 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 19 de Outubro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)