Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/03/2006 11:53

Aldo defende horário flexível para a Voz do Brasil

Irene Lôbo/ABr

O programa Voz do Brasil está em debate hoje (28) na Câmara dos Deputados. O presidente da Casa, Aldo Rebelo, abriu as discussões há pouco. Para ele, o programa é um serviço de informação relevante para o povo brasileiro, mas deveria ter o horário obrigatório de transmissão flexibilizado.

"O que eu creio é que a Voz do Brasil deve examinar a possibilidade de flexibilização dos seus horários, ou seja, cria-se uma faixa horária dentro da qual o programa deve ser obrigatoriamente exibido. Quem sabe dessa forma também nós terminemos com as desculpas judiciais para a não veiculação do programa", ponderou Rebelo.

No ar desde 1935, a Voz do Brasil é o programa mais antigo do rádio brasileiro e o único de veiculação obrigatória no país. De segunda a sexta, a partir das 19 horas, durante 60 minutos, são transmitidas informações sobres os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

O debate realizado hoje conta com a participação do radialista João Lara de Mesquita, que liderou em 1995 o movimento das rádios contra a transmissão da voz do Brasil.

Também estão presentes a representante da Rádio do Canadá, Ginette Lamarche, a coordenadora da pós-graduação do Instituto de Educação Superior de Brasília (Iesb), Elizabeth Brandão, o jornalista Bernardo Kucinski, e o presidente da Radiobrás, Eugênio Bucci.

De tarde, os responsáveis pela elaboração da Voz do Brasil vão discutir o jornalismo oficial. Parlamentares e associação de emissoras encerram o debate com o painel sobre tradição e modernização, a partir das 15h15.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)